Celulose Notícias Valmet

Valmet fornecerá principais tecnologias para nova fábrica de celulose solúvel

valmet fabrica

O Pedido está entre os recebidos pela Valmet no primeiro trimestre de 2020, e o valor do projeto não será divulgado. Porém, o valor de investimento para este tipo de planta com esta capacidade e escopo de fornecimento é da ordem de 200 a 250 milhões de euros.

area nova fabrica de celulose

A Valmet fornecerá as principais ilhas de processos para a joint venture formada pelas empresas Lenzing e Duratex, a LD Celulose S.A. A nova fábrica de celulose solúvel, com capacidade de 500.000 toneladas/ano, será instalada nas cidades de Indianópolis e Araguari, no estado de Minas Gerais. O fornecimento da Valmet inclui a linha de fibras, linha de secagem e enfardamento, planta de evaporação, planta de licor branco, sistema de automação completo Valmet DNA, bem como simuladores de processo e treinamento (OTS) para toda a fábrica.

O projeto faz parte do investimento da joint venture entre Lenzing e Duratex de aproximadamente US$ 1,3 bilhão, no qual a Lenzing possui uma participação de 51%, e a Duratex de 49%. O start-up da nova fábrica está previsto para o primeiro semestre de 2022 e vai proporcionar, aproximadamente, 8.000 vagas de emprego na fase de obras. Quando finalizada, a LD Celulose S.A. empregará em torno de 1.100 pessoas na fábrica e nas plantações que a abastecerá. A celulose solúvel é uma matéria-prima essencial para a fabricação de têxteis à base de madeira e fibras especiais.

“As fibras celulósicas à base de madeira oferecem uma importante contribuição para aprimorar a sustentabilidade na indústria têxtil, e esse investimento está alinhado à nossa estratégia de crescimento sendo um marco importante para fortalecer estruturalmente nossa posição de liderança em custos. No planejamento da nova instalação, foi dada uma importância particular à sustentabilidade. A planta será uma das mais produtivas e eficientes em energia do mundo”, afirma Stefan Doboczky, CEO da Lenzing Group.

“LD Celulose S.A. vai gerar um impacto socioeconômico positivo para a região. Estamos trabalhando com as melhores práticas ambientais e com empresas líderes na indústria da celulose, como a Valmet”, enfatiza Luís Künzel, CEO da LD Celulose S.A.

“Com as nossas boas referências na tecnologia de produção de celulose solúvel, e a forte presença no Brasil, fomos capazes de compreender as necessidades do cliente de alta qualidade e eficiência energética, além de suportar a alta produtividade e confiabilidade com as nossas soluções de automação. Estamos felizes em fazer parte de um projeto de nível mundial para a Lenzing e a Duratex, e parte da transformação de matérias-primas renováveis em fibras têxteis sustentáveis”, comenta Bertel Karlstedt, presidente da linha de negócio de Celulose e Energia da Valmet.

Informações sobre a entrega da Valmet

A Valmet fornecerá as principais ilhas de processo com um amplo escopo de fornecimento. A tecnologia Valmet para produção de celulose solúvel é comprovada com várias referências. O equipamento para este projeto é adaptado para alta disponibilidade e eficiência energética, resultando em baixos custos operacionais.

A linha de fibras está equipada com a tecnologia Valmet TwinRoll para lavagem de polpa, com alta eficiência e baixo consumo de químicos e água. As linhas de secagem e enfardamento asseguram flexibilidade e produção de celulose de alta qualidade e fácil operação, com suporte do QCS (Sistema de Controle de Qualidade) da Valmet. A planta de evaporação incorpora a tecnologia Valmet Tubel para alta disponibilidade, produzindo condensados limpos para 100% de reutilização na fábrica. A planta de licor branco inclui caustificação, forno de cal, projetada para alta confiabilidade e menor custo de manutenção.

O Valmet DNA, sistema de automação para toda a fábrica, oferece integração exclusiva com as soluções de processo, incluindo analisadores de processo. Além disso, a entrega inclui soluções de Internet Industrial da Valmet, OTS (Simulador de Treinamento de Operação) para toda a planta, além de hardware básico para conectividade para prestação de serviços através do Performance Center.

LEIA TAMBÉM: