fbpx




Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Coronavírus Notícias Tissue no Mundo

Uso de papel tissue pode explicar baixos casos de Covid-19 no Japão

No país, é comum andar com acessórios como lenços, lenços umedecidos ou toalhinhas a tiracolo

Bons hábitos de higiene, como manter as mãos sempre limpas (com água e sabão ou álcool em gel de concentração de pelo menos 60%), cobrir a boca ao tossir e espirrar (com a dobra do cotovelo ou lenços descartáveis) e manter distância de, no mínimo, 2 metros de quem estiver tossindo e espirrando estão entre as principais recomendações das autoridades de saúde para se proteger do novo coronavírus.

Pré-pandemia, os japoneses já eram famosos por hábitos de higiene (e certa mania de limpeza), no dia a dia, dentro e fora de casa.

Após a declaração de pandemia da Covid-19, provocada pelo novo coronavírus, muitos reforçaram cuidados no país, que registrou 1.953 casos (além dos 712 do navio Diamond Princess) e 56 mortes até 31 de março.

Há controvérsias, dúvidas e discussões sobre o status do surto no Japão – se o pior já passou ou está por vir, diante da alta de novos casos confirmados após o adiamento oficial da Olimpíada e o temor de um boom acelerado a partir de abril.

Também se discute o peso dos hábitos de higiene no controle de infecções: à imprensa internacional, infectologistas como Sachio Miura, da Universidade de Nagasaki, indicaram que os costumes têm ajudado a controlar a disseminação do vírus; outros especialistas, como Kentaro Iwata, da Universidade de Kobe, ponderaram que apenas a cultura não é resposta para compreender o diminuto número de casos de contágio no Japão.

Um dos principais costumes nipônicos, antes e durante a pandemia, que pode explicar esse cenário, é usar papel tissue.

No Japão, é comum andar com acessórios como lenços, lenços umedecidos ou toalhinhas a tiracolo, no bolso, na bolsa e no carro, para imprevistos fora de casa, como um eventual espirro – dentro de um banheiro preferencialmente, pois assoar o nariz em público é considerado extremamente rude, embora certamente aconteça. Há diversas marcas de tissue, o lencinho de papel fino, flexível e descartável, com embalagens e caixinhas coloridas.

Antes, era comum encontrar pequenos pacotes de lencinhos como brindes na entrada de empresas, além de spray desinfetante para as mãos. Hoje, nem tanto: ao lado do papel higiênico, o lencinho de papel esgotou nos mercados japoneses, após se alastrar uma fake news que dizia que a matéria-prima vinha da China, primeiro epicentro do coronavírus, o que afetaria a produção.

LEIA TAMBÉM: