Celulose Notícias

Peças do forno de cal já estão na Celulose Riograndense

virolas20

Chegou ao porto da Celulose Riograndense, em Guaíba, na última segunda-feira (08/09), as peças do forno de cal que atenderá à demanda da nova planta fabril da empresa. As virolas vieram de balsa, desde o Porto de Rio Grande. A operação de transporte do forno de cal até o sítio da empresa iniciou na semana passada, quando as peças do equipamento, que vieram do Exterior, via navio, começaram as ser descarregadas em Rio Grande. Após serem colocadas em carretas e, posteriormente, posicionadas na balsa, as peças fizeram o percurso da Lagoa dos Patos até Guaíba durante o final de semana.

O forno de cal é um equipamento que queima a lama de cal gerada no processo de produção de celulose e a transforma em cal para ser utilizada na produção do licor branco, utilizado para o cozimento da madeira no digestor e para fabricar a celulose.

O equipamento, depois de montado, terá dimensões de 130m de comprimento, 5,5m de diâmetro e 980 toneladas, e será capaz de produzir 1.100 toneladas de cal por dia.

A empresa VALMET é a responsável pelo fornecimento do equipamento. A partir da chegada das peças ao pátio da Celulose Riograndense, cerca de 100 trabalhadores estarão envolvidos na montagem do forno de cal. Será necessário o uso de um guindaste de 750 toneladas de capacidade para auxiliar na montagem do forno.

selo_ok

revistavoto.com.br