NotíciasTissue na América Latina

Grupo Familia aposta em estratégia omnichannel

A empresa acelerou os processos de transformação digital que vinha realizando desde antes da pandemia e fortaleceu seus canais de venda on-line

A chegada da pandemia Covid-19 trouxe consigo a digitalização e uma transformação acelerada na forma como as marcas se relacionam com seus usuários. Nesse novo panorama, as grandes empresas optaram por fortalecer seus canais digitais e se aproximar de seus consumidores.

O Grupo Familia, empresa colombiana que tem como foco o bem-estar de seus consumidores em todas as fases da vida, foi uma delas. “Fortalecer nossa estratégia omnichannel e garantir que nossos consumidores e clientes encontrem uma proposta de valor superior em todos os locais e horários de compra sempre foi uma prioridade para nós, especialmente nos últimos anos”, comentou a companhia, em nota no LinkedIn.

A empresa acelerou os processos de transformação digital que vinha realizando desde antes da pandemia, fortaleceu seus canais de venda on-line como Familia Institucional e Tena.com e, no mesmo período, lançou mais dois canais, além da loja on-line Nosotras. Isso permitiu ao Grupo Familia estar presente em todas as cidades do país e impactar mais de 29 mil colombianos.

“Essas ações respondem ao nosso compromisso com o mercado, já que fornecemos produtos de higiene e limpeza essenciais para os colombianos, principalmente neste momento”, afirma Diego Loaiza, vice-presidente comercial do Grupo Familia. “Além das soluções de marketing, queremos que nossas marcas contribuam de forma real para melhorar sua qualidade de vida em harmonia com o meio ambiente e estar disponíveis onde precisam de nós”, acrescentou o executivo.

Essas plataformas, que fazem parte da ampla estratégia omnichannel do Grupo Familia, buscam aproximar suas marcas dos consumidores e clientes, fornecendo-lhes um portfólio de soluções acessíveis, diversificadas e de qualidade superior.

Em apenas 36 meses, a iniciativa de e-commerce da empresa gerou grande impacto em seu faturamento, já que quase 4% do total das vendas foi por meio desses canais emergentes, e a projeção é que até 2025 os 10% das transações sejam digitais. Por isso, a organização pretende expandir essas plataformas para toda a América Latina, chegando a países como Peru, Equador, Argentina, República, Bolívia, entre outros.

Além disso, o grupo transformou a forma como embala os produtos adquiridos por meio de seus canais. “Os usuários que comprarem em qualquer uma de nossas lojas virtuais receberão seus produtos em embalagens com designs sustentáveis, que terão jogos de tabuleiro impressos que o consumidor poderá recortar, contribuindo indiretamente para a sustentabilidade ambiental, dando um segundo uso ao material de embalagem”, finaliza Diego.

Fonte
El nuevo siglo
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo