fbpx
CeluloseNotíciasValmet

Valmet oferece suporte remoto com realidade aumentada em Parada Geral da CMPC

Unidade industrial da CMPC utilizou equipamento para integrar especialistas e colaboradores de forma remota

Em todo o mundo, a dinâmica das relações humanas mudou drasticamente desde o início da pandemia do novo coronavírus. Durante a rotina do trabalho industrial, empresas precisaram adequar suas atividades para que protocolos de segurança tivessem prioridade, sem que a saúde de colaboradores fosse colocada em perigo ou que serviços essenciais fossem interrompidos. O uso de novas tecnologias também tem sido um aliado na resolução de problemas e na otimização de processos, ao promover o distanciamento social com ferramentas de serviços remotos.

Nesse cenário desafiador, a Valmet, principal desenvolvedora de tecnologias de processo, automação e serviços para as indústrias de celulose, papel e energia, forneceu soluções de Internet Industrial (também conhecida por Indústria 4.0 ou Internet das Coisas) para a “megaoperação” da CMPC em Guaíba (RS), que realizou, durante dez dias em meio à pandemia, uma Parada Geral programada. A companhia implantou um rigoroso protocolo de prevenção à Covid-19 e lançou mão de soluções que pudessem resolver de forma remota algumas das demandas operacionais da planta.

Os óculos de realidade aumentada utilizados durante a Parada Geral auxiliaram os técnicos de assistência em campo durante a manutenção da Linha 2 da unidade industrial. O equipamento possibilitou a análise detalhada de especialistas da Valmet sem que sua presença fosse necessária. Essa solução proporcionou aos profissionais mais segurança e assertividade no processo de manutenção, uma vez que as câmeras acopladas ao dispositivo mostraram aos técnicos a situação da unidade industrial com precisão.

Segundo o diretor-geral da CMPC, Maurício Harger, a tecnologia proporcionou o grande sucesso da operação, que reuniu mais de 2,4 mil pessoas e 74 empresas fornecedoras. Logo após o fim da Parada Geral, a planta de Guaíba atingiu seu recorde histórico de produção de celulose. “Os óculos foram uma excelente ferramenta, pois nos trouxeram o conforto de termos o auxílio dos capacitados técnicos da Valmet em tempo real, sem que eles saíssem de casa. Num mesmo dia, por exemplo, um gerente de assistência técnica, que estava fornecendo suporte remoto atendeu uma unidade da CMPC em Guaíba e outra em Santa Fé, no Chile. Isso só foi possível devido ao suporte remoto que eles forneceram. Talvez a parada não teria tido tanto êxito no cronograma se não fosse o apoio dos especialistas da Valmet”, analisa Harger.

O gerente de assistência técnica da Valmet na América do Sul, Fausto Pires, destaca todo o trabalho em conjunto das duas empresas para que a Parada Geral fosse um sucesso. Reuniões e cronogramas foram realizados meses antes do início da operação. “Foi uma experiência única e desafiadora, mas tínhamos tudo muito bem estruturado. Da parte da Valmet, tivemos 24 pessoas dedicadas totalmente ao processo, além do suporte remoto de sete outros profissionais e de uma grande equipe de apoio. Ao todo, somamos mais de 200 pessoas com a responsabilidade de oferecer o serviço que a CMPC merece”, ressalta.

Para o diretor industrial da CMPC, Dorival Almeida, a utilização dos óculos foi positiva. “A pandemia acelerou a adoção de outras ferramentas semelhantes à rotina da CMPC. Diante disso, precisamos buscar uma solução que resolvesse o problema e evitasse a aglomeração de profissionais. E a decisão de utilizar essa tecnologia foi muito acertada. As impossibilidades causadas pelo coronavírus nos obrigaram a ser ainda mais dinâmicos e abertos a tais soluções”, conclui.

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.