fbpx

Banner Animado Adritz no Portal Tissue Online

Coronavírus Notícias Varejo & Professional

Mercado atacadista limita quantidade de papel higiênico por cliente

destacada-atacadista

Engana-se quem pensa que vai chegar no estabelecimento e levar estoques do produto durante a pandemia do novo coronavírus

Com autorização para funcionamento durante este período de isolamento social, supermercados de Cuiabá e Várzea Grande, no Mato Grosso, continuam de portas abertas, mas têm adotado uma série de medidas, o que inclui, em algumas redes supermercadistas, o “racionamento” de alguns produtos, como papel higiênico e álcool em gel. A aquisição desses itens está sendo limitada por cada cliente.

Uma rede de atacadistas decidiu limitar a quantidade máxima de dois álcoois em gel por cliente e três fardos de papel higiênico. “Dada a situação atual, com o Covid-19, alguns itens terão sua quantidade de compra limitada para garantir o abastecimento de toda a população. Papel higiênico: 3 fardos”, diz um comunicado espalhado pelo estabelecimento.

paper text

O fornecimento de álcool em gel, que é colocado direto nas mãos de todos os clientes e aplicado nos carrinhos de compra, na parte onde o usuário segura, também faz parte das medidas colocadas em prática para evitar a propagação do coronavírus.

Outra ação que é possível constatar ao frequentar as lojas das principais redes supermercadistas das duas maiores cidades mato-grossenses é a demarcação no chão onde são formadas as filas para os caixas. A determinação é que cada cliente fique entre 1,5 e 2 metros do outro.

No sistema de comunicação interna aos clientes, via sistema de alto falante, a mesma mensagem, sobre a quantidade máxima de determinados produtos por cliente, é reforçada.

As medidas visam controlar a propagação do coronavírus e garantir que o maior número de consumidores tenha acesso a produtos essenciais.

LEIA TAMBÉM: