Celulose Notícias

Com investimento de 8 bilhões, Eldorado segue com plano de expansão

A empresa Eldorado Brasil conseguiu a autorização do Instituto de Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul (Imasul) para ampliar sua fábrica de celulose branqueada de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul. 

SLIDE_eldorado

A licença ambiental de instalação prevê o incremento na produção de celulose da Eldorado de 1,5 milhão para 4 milhões de toneladas ao ano. A autorização foi concedida pelo Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) realizado pela Pöyry, uma empresa finlandesa.

Essa é a maior autorização para a instalação de uma fábrica de celulose já conseguida no Brasil. O projeto, que prevê investimentos de R$ 8 bilhões – entre a instalação de uma nova linha de produção, ampliação da logística e composição de novas florestas próprias de eucalipto – tem partida prevista para 2017 e deve consolidá-la como a maior fábrica de celulose do mundo.

Após realizar um diagnóstico completo, envolvendo a análise de dados sobre a água, a qualidade do ar, as medições de ruídos, os impactos na flora, na fauna e na comunidade, uma equipe multidisciplinar da Pöyry concluiu pela viabilidade técnica, socioambiental e jurídica da expansão da fábrica, por ser um projeto sustentável, já divulgados aqui, inclusive.

O relatório também apontou que o projeto terá como benefícios a geração de empregos diretos e indiretos, a dinamização da economia e o aumento na arrecadação tributária em Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul.

Além de consultoria para obtenção de licenças ambientais, a Pöyry oferece também estudos preliminares de site location, viabilidade socioambiental e acompanhamento dos processos de licenciamento, incluindo a execução de programas ambientais na fase de operação dos empreendimentos.

A empresa finlandesa é líder na área de celulose e papel e oferece projetos integrados de engenharia conceitual e básica para os licenciamentos ambientais, o que permite mais completa e detalhada caracterização dos empreendimentos.

selo_ok

Capital News