Celulose Notícias

Celulose Irani aumenta receita, mas sofre queda no lucro

Integração da controlada São Roberto refletiu no recuo de 32% dos ganhos

irani

A Celulose Irani encerrou o segundo trimestre do ano com receita líquida de R$ 174,7 milhões, um crescimento de 21% em relação ao mesmo período de 2013. Porém, o lucro líquido sofreu uma queda de 32%, alcançando R$ 9,5 milhões.

A companhia gaúcha explicou no relatório trimestral que o principal fator que impactou este resultado foi o aumento das despesas financeiras em função da consolidação do endividamento da controlada São Roberto S/A, que passa a ser integrada às operações da Irani.

A junção dos negócios das empresas também afetou as vendas no segmento “papel para embalagens”, que tiveram redução de 37,9%. Em contrapartida, o volume de vendas do segmento “embalagem de papelão ondulado” evoluiu 39,5%, também devido a integração da planta da São Roberto.

No semestre, a receita líquida aumentou 32% na comparação com 2013, registrando R$ 354,5 milhões. Já o lucro líquido despencou mais da metade (64%) na relação com os seis primeiros meses do ano passado, com resultado de R$ 6,2 milhões.

selo_ok

www.amanha.com.br