Notícias Tissue no Brasil

Valmet está preparada para acompanhar crescimento do mercado tissue

Alta tecnologia atende demanda crescente por melhor performance e sustentabilidade

A Valmet vem lançando novas tecnologias que agregam maior qualidade ao papel tissue e menor consumo de energia no processo de fabricação. A expectativa é que o próximo ano seja tão bom quanto 2018. “Acredito que temos bastante espaço para investimentos em novos projetos de tissue no próximo ano, seguindo a expectativa de crescimento de toda a região, e a Valmet está pronta para ajudar esses clientes locais que pretendem investir em 2019”, diz Rogério Berardi, responsável pela Divisão de Papel na Valmet América do Sul.

VALMET – FEIRA ABCTP 2018 – FOTOS: JULIO VILELA

Para atender à demanda crescente no mercado Tissue, a Valmet oferece alta tecnologia para aumentar ainda mais a performance de seus clientes. Um exemplo são as máquinas convencionais modulares com equipamentos de alta tecnologia, tais como: prensa Advantage ViscoNip, que gera 20% menos de consumo de energia; o Advantage Redry, caixa de ar que reduz o consumo de energia em torno de 5%; e uma nova turbina ReTurne que transforma o jato gerado pela caixa de entrada em energia elétrica para a bomba de mistura. Ou seja, 50% da energia consumida pela bomba de mistura agora é de graça devido à utilização dessa turbina.

Outro lançamento de destaque foi o Advantage NTT com 12 unidades vendidas no mundo. Segundo Berardi, a tecnologia é projetada para máxima flexibilidade e pode ser facilmente alternada entre a produção econômica de tissue convencional e a produção de tissue texturizado de alta qualidade. Berardi explica que, no “modo convencional”, é possível produzir papel tissue com alta suavidade e baixo consumo de energia. O modo texturizado oferece a possibilidade de produzir papel tissue de qualidade premium com até 50% mais volume e maciez no papel higiênico, bem como 50% de maior absorção de água no papel toalha de cozinha.


Ainda neste ano, a empresa lançou a tecnologia QRT, a mais próxima da tecnologia TAD, para produção de papel tissue ultra premium e consumo de energia 50% menor. Por último, a tecnologia Advantage eTAD desenvolvida pela Georgia-Pacific, a qual a Valmet tem a oportunidade de vendê-la para todos os países do mundo, exceto Estados Unidos, por meio de uma parceria estratégica assinada entre as duas empresas. “Podemos dizer que fechamos toda a gama necessária para atender ao mercado global. Para isso, investimos muito em Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), como por exemplo, em 2017, quando investimos cerca de EUR 65 milhões”, disse.

Para atender à demanda crescente do mercado tissue brasileiro e sul-americano, a Valmet possui um time altamente treinado localizado em Araucária, no Paraná, Brasil, que atua na área de vendas de máquinas novas e reformas, na execução de projetos e serviços, oferecendo desde peças de reposição até o fornecimento de telas e feltros. Para mais informações, acesse: www.valmet.com.br