Notícias Tissue na América Latina

Tribunal aprova acordo que poderia aproximar o pagamento às vítimas do caso de cartel no Chile

Nesta quinta-feira (17), o recurso de cassação apresentado contra o acordo entre a CMPC e associações de consumidores foi rejeitado.

O Supremo Tribunal anunciou nesta quinta-feira (17)a decisão em que o recurso de cassação apresentado contra o acordo entre a CMPC e as associações de consumidores no caso do formação de cartal em fabricantes de papel tissue e os 7 mil pesos de compensação é rejeitado .

Dessa forma, os consumidores afetados poderiam receber dinheiro compensatório em um tempo menor do que o esperado, uma vez que a forma administrativa para esse pagamento fosse estabelecida.

Lembre-se que os 150 milhões de dólares da CMPC foram depositados em uma conta bancária do BancoEstado e desde então gerou juros.

Em fevereiro deste ano, o Supremo Tribunal Federal aceitou o recurso apresentado pelo representante das comunidades mapuches, Jaime Moraga, que buscou contestar este acordo.

No caso Moraga também exigiu que a empresa respondesse pelos ” outros 280 milhões de dólares “, fazendo referência a cálculos que estimam em 400 milhões de dólares o prejuízo fiscal que causou esse conluio.

Fonte: 24 Horas

Comente com Facebook

Comentários