Celulose Notícias

Três Lagoas poderá receber investimentos em torno de R$ 18 bilhões

Investimento poderá ser feito por empresários das indústrias. Somente no Estado de Mato Grosso do Sul, os investimentos industriais somam R$ 29 bi e geração de mais 3 mil empregos

TRES LAGOAS

O investimento das indústrias em todo Estado de Mato Grosso do Sul soma um aporte de cerca de R$ 29 bilhões, previsto para este ano de 2014. Deste total, serão investidos em Três Lagoas cerca de R$ 18,3 bilhões, uma vez que as indústrias, carros chefes da Celulose no Município, Fibria e Eldorado Brasil já anunciaram ampliação, prevista para este ano.

A Eldorado Brasil ampliará sua capacidade para produção de 4 mil toneladas de celulose/ano, com investimento de R$ 8 bi, incluindo novas florestas de eucalipto.

Já com a expansão da Fibria, o aporte será de R$ 5,7 bi e ainda, a previsão é de que a Unidade de Fertilizantes III da Petrobras tenha o empreendimento entregue no início de 2015. O investimento total é de cerca de R$ 4 bi. A unidade produzirá 1,2 milhão de toneladas/ano de ureia e 70 mil de amônia.

“Com os investimentos temos também a geração de empregos. É maior renda para nossa população que possibilita o investimento individual, com aquisição de imóvel e outros bens”, declara a prefeita Marcia Moura (PMDB).

“Os investimentos maiores indicam o setor da celulose, somente em Três Lagoas temos duas indústrias da área. É um crescimento que não para, só tende a melhorar e propiciar que novas cadeias produtivas sejam fortalecidas” pontua Marcia.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Luciano Dutra ressalta que “tais investimentos fortalecem a economia local e regional em diferentes setores, pois, as grandes indústrias dependem de prestadoras de serviços e muitas nos procuram mostrando interesse de fixar empreendimento em Três Lagoas”, diz o secretário.

MATO GROSSO DO SUL

O projeto para instalação de novas e grandes indústrias indicam mais nove em todo o Estado de Mato Grosso do Sul, de acordo com balanço da Secretaria de Desenvolvimento Agrário da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur).

CONSOLIDAÇÃO DA CELULOSE

Nesta quinta-feira (3), uma audiência discute o projeto de R$ 8 bilhões para instalação do grupo CRPE Holding em Ribas do Rio Pardo. A terceira indústria que pode solidificar ainda mais o ramo da Celulose no Estado.

As informações são da Seprotur, com embasamento nos valores já divulgados pelas próprias empresas, e ainda, informações da matéria divulgada no dia 30 de junho, pelo Jornal Correio do Estado.

Jornal Dia Dia

selo_ok