NotíciasSertec20Tissue no Brasil

Sertec20 do Brasil investe em melhorias para oferecer uma solução completa ao cliente

Empresa dispõe de um time técnico experiente e integrado com o objetivo de prestar o melhor atendimento em produtos e serviços

Para atender às demandas de seus clientes com qualidade e eficiência, a Sertec20 do Brasil, fornecedora de soluções químicas especiais para o mercado de papel e celulose, tem investido constantemente em melhorias, conforme o gerente de operações da empresa, Luciano Nunes, destacou no programa Talk Tissue com Felipe Quintino.

A Sertec20 do Brasil dispõe de um time técnico experiente e integrado com o objetivo de prestar o melhor atendimento em produtos e serviços, como os equipamentos de diluição, chamados de skids. “Eles ajudam os clientes a padronizar seus processos e evitar problemas com variações que vão resultar em problemas de qualidade”, explica Nunes.

Luciano Nunes, gerente de operações da Sertec20 do Brasil

Hoje, a companhia possui uma equipe para auxiliar o cliente no pré e no pós-venda, de modo a evitar que ele cometa ou passe por falhas no processo de compras que possam gerar perdas. Essa reestruturação, que ocorreu após a criação de um plano diretor com metas claras, vem trazendo resultados satisfatórios.

Com isso, o diferencial da empresa vai além do produto e passa a ser uma solução completa para sanar a “dor” do cliente – Luciano vivenciou isso antes de trabalhar na Sertec20, quando atuou em um grande player de tissue do Brasil. O problema era o nível de reclamações devido a problemas com laminação e rabicho descolado, o que comprometia a produção, a qualidade e até as vendas. “Os resultados foram muito bons, primeiro vimos uma redução de reclamações no SAC entre 45 e 60 dias, conseguimos atender a primeira meta e a mais importante; segundo, vimos a padronização do processo para preparação dos nossos produtos; e terceiro, o que não esperávamos e nem estávamos até então buscando, foi uma redução no consumo de cola para adesivo”, diz. Nesse sentido, ressalta que “a Sertec20 entende o que é uma solução completa para os clientes que precisam reduzir custo, padronizar processos e treinar equipe para reduzir consumo”.

O feedback de convertedores demonstra a eficácia do serviço. “Temos casos comprovados de redução de consumo de 20% a 25%, é algo que o cliente cita, mas não esperava”, afirma Luciano. E com sua chegada ao cargo de gerente de operações da Sertec20, mudanças na estrutura interna foram implementadas, como a integração dos departamentos de produção, qualidade, comercial e técnico. “Entendo que a força da Sertec20 está em todos; a força conjunta é algo que temos trabalhado e tem gerado uma constante atuação na área de produção, com novos parceiros e otimização de processos”, declara.

Além disso, a organização passou por outras mudanças. “Nós tivemos mudanças tanto na área contábil quanto na área financeira, a ponto de criarmos uma controladoria interna para decisões que chegam até a nossa matriz lá na Espanha. Hoje, controle de estoque, planejamento de compras e planejamento de produção são administrados diariamente para que os resultados sejam satisfatórios e os custos possam atender ao mercado, dada a forte alta de preços e a nossa questão de matérias-primas, que hoje está bastante difícil no mercado”, acrescenta.

Apesar do cenário atípico e das dificuldades trazidas pela pandemia, a atenção às necessidades específicas dos clientes tem gerado bons resultados. “Em 2021, nos primeiros quatro meses, estamos cerca de 20% maiores do que em 2020. Estamos estimando mais cem toneladas com projetos latentes de aumento para o Brasil e para o exterior. Estamos felizes e comemorando que um produto interno, brasileiro, está ultrapassando fronteiras e queremos conquistar esse mercado cada vez mais”, conclui.

Confira na íntegra o Talk Tissue com Luciano Nunes, gerente de operações da Sertec20 do Brasil:

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo