fbpx

Banner Animado Adritz no Portal Tissue Online

Ever Blue Investimentos Notícias Tissue no Brasil

Securitizadora oferece crédito sem burocracia e com atendimento humanizado

everblue-destacada

A Ever Blue nasceu da indústria, o que, segundo os sócios, faz com que ela sinta e queira sanar as “dores” desse setor

O Brasil e o mundo vivem uma situação atípica por conta da pandemia do coronavírus, que afeta diretamente a saúde da população e também a economia dos países. Alguns setores estão praticamente parados e, com isso, sofrem com a falta de liquidez e caixa. Apesar de o governo criar programas para auxiliar empresas, muitas vezes, esse recurso não chega às companhias, já que os bancos acabam impedindo com medo de inadimplência.

Para os fundadores da securitizadora de crédito Ever Blue, esse cenário prejudica diversos segmentos, em especial, a economia. “Estamos tendo uma recuperação engatilhada da economia, porque o crédito acabou secando, a demanda pelo crédito estava aumentando muito, mas está uma dificuldade muito maior para conseguir esse crédito, inclusive do governo, que está sempre prometendo essas medidas, porém, a gente não consegue ver efetivamente esse dinheiro injetado já na economia, não consegue ver nada do consumo aumentando. A economia vai, sim, conseguir se recuperar gradualmente, porém, mais a longo prazo; hoje, as indústrias estão praticamente paradas ou algumas encerraram porque morreram, e outras estão fazendo caixa, vendendo estoque e se recuperando do jeito que podem”, fala Rodnaldo.

A retomada da economia, segundo Rodnaldo, vai acontecer, mas ela depende de diversos fatores. “Um dos fatores é a injeção de dinheiro pra ajudar nessa recuperação, essa recuperação vai ser lenta, algumas indústrias vão quebrar, alguns setores vão ser mais prejudicados pela falta de caixa, venda de estoque pra se segurar, banco rescindindo cada vez mais essa liquidez que eles não estão conseguindo dar; a dificuldade pro acesso de crédito está grande, então, a gente acredita que algumas instituições vão conseguir ir nessa contramão, pra conseguir ajudar nessa recuperação, nessa injeção de liquidez, para empresas mais necessitadas nesse momento, principalmente na indústria”, completa.

Nesse sentido, a Ever Blue surge como uma solução na antecipação de recebíveis para as empresas, tendo vários diferenciais com relação aos bancos. “Até certo ponto, é o mesmo produto bancário, a parte de antecipação de recebíveis, capital de giro, porém, a gente vem movendo na contramão do setor bancário, um atendimento muito mais humanizado e com um entendimento muito maior da causa. Hoje, os bancos têm uma estrutura mega travada, e muito burocrática; enquanto nós entendemos muito mais a causa, a gente cria a empresa por meio de relacionamento. Hoje, nossos clientes viram nossos parceiros, nós gostamos de entender a causa primeiramente, para gente ter uma empatia primeiro com cada cliente, para poder entender numa relação mais pessoal, entender o produto e criar de maneira especifica para a necessidade do cliente – diferente de tudo que acontece no setor bancário. Nós temos total vontade e tempo para criar, na medida do possível sinergias interessantes, entre nós e nossos clientes, hoje somos 100% digitais, então, a gente consegue fazer cadastro, assinar contrato, enfim, não temos problema de distância, atuamos em 100% do Brasil, em todas as regiões e estados. Cada produto final acaba sendo útil para cada tipo de cliente, de acordo com o perfil de cada um”, comenta Gabriel.

A Ever Blue nasceu da indústria, o que, segundo os sócios, faz com que ela sinta e queira sanar as “dores” desse setor. “A Ever Blue surgiu de uma necessidade da indústria, a gente viu essa necessidade e conseguiu encaixar esse tipo de solução, e a solução justamente foi a criação da Ever Blue para a gente conseguir manter esse fluxo financeiro dentro da indústria”, observa Rodnaldo.

“A partir disso, a gente criou estratégias na medida que o industrial precisa. Sem dúvida alguma, hoje eu falo que a Ever Blue entende primeiramente o cliente e cria soluções na área de antecipação de recebíveis, à medida que o cliente necessita e no momento que ele necessita. Nosso atendimento é mega rápido, em torno de 24 horas para aprovar um cadastro, questão de 12 a 24 horas para fazer a ficha do cliente. A gente acredita ser primordial conhecer o cliente, a estrutura e ter esse relacionamento presencial que a gente acha que faz parte do negócio, por mais que esse momento nos restrinja um pouco isso”, acrescenta Gabriel.

Todas essas facilidades são oferecidas pela Ever Blue com um custo acessível. “Antigamente e hoje em dia, os bancos cobram taxas de juros extremamente agressivas e acabam tirando um pouco o impacto da antecipação, então a gente está na contramão do setor bancário. Melhorar atendimento eu acho que é primordial, um atendimento humanizado o banco não dá, e os custos também: os grandes bancos têm grande parte do mercado, eles têm poder decisório, custos extremamente altos”, garante.

As estratégias variam de acordo com as necessidades de cada cliente. “Hoje, nós temos clientes que operam no dia a dia, eles utilizam antecipação numa área mais estratégica – pagamento de imposto, pagamento de uma folha salarial… –, então a gente consegue utilizar nosso produto para diversas áreas e estratégias dentro do negócio do nosso cliente”, explica Gabriel, explicando que a operação não precisa ser usada diariamente. “A maioria não usa todos os dias, mas depende da estratégia de curto e longo prazo do cliente, que cada um tem a sua. Tem clientes que utilizam todos os dias, tem clientes que utilizam em momento específicos no meio ou no final do mês, vai da estratégia de cada um”, encerra.

Confira na íntegra o Talk Tissue com Gabriel Padula e Rodnaldo Carpinteiro, fundadores da Ever Blue Investimentos:

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Na contramão dos bancos, securitizadora de crédito pode ser uma solução na antecipação de recebíveis