fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Notícias Tissue na América Latina

Papelera Tucumán paralisa por 24h

papelera tucuman destacada 2

Trabalhadores da empresa realizaram uma greve em rejeição à proposta de cortar salários em 30%

Os trabalhadores da Papelera Tucumán realizaram uma greve de 24 horas na terça-feira, 4, em rejeição à proposta de cortar salários em 30% e para exigir que a empresa cumpra os compromissos trabalhistas pendentes.

O secretário-geral da Federação de Papel, Ramón Luque, confirmou o apoio nacional à greve e aos cortes no município de Lules, na Argentina. A motivação da reclamação é o salário, uma vez que a empresa de propriedade do ex-deputado Alberto Pierri se recusa a aplicar o aumento de 23% acordado e a reconhecer o aumento de 15% estabelecido pela União em conjunto com as câmeras do setor na semana passada. A empresa propõe aos trabalhadores um corte salarial de 30%, argumentando que está enfrentando uma situação difícil em virtude da pandemia.

Porém, Luque afirma que as empresas do setor de celulose de papel foram declaradas essenciais e têm trabalhado normalmente, algumas até “melhor do que antes da pandemia”, de modo que a proposta da empresa não é válida. Nesse sentido, ele confirmou que a Federação Papelera apoia absolutamente a rejeição sindical da proposta de corte salarial e endossa as medidas de luta que estão sendo realizadas.

papelera tucuman

O líder falou que, além disso, desde que Pierri comprou a papeleira do Grupo Bulgheroni (que havia falido em 2003, apesar de Alejandro Bulgheroni e sua família nunca terem deixado de aparecer no ranking das pessoas mais ricas do país – eles lideraram a lista neste ano com uma fortuna declarada de US$ 5,4 bilhões), nunca fez um único investimento na empresa.

“Hoje, o Sr. Alberto Pierri, que todos conhecemos como presidente da Câmara dos Deputados durante o governo menemista, é o proprietário da empresa. E os trabalhadores continuam com o mesmo problema: o dinheiro não é suficiente para comer e, além disso, não recebem o que a Federação de Papel e a associação concordam como aumento salarial”, explicou Luque. Pierri também integra a lista de milionários argentinos, ocupando o 25º lugar no ranking da Forbes.

Por fim, em relação ao plano de luta do sindicato local, Luque explicou: “Existe um plano de luta aprovado pela assembleia que continuará após a greve de 24 horas. Possivelmente, outras medidas serão tomadas e, talvez, mais tarde, a luta se aprofunde com uma greve de 48 ou 72 horas à medida que o conflito e a resposta da empresa evoluírem”, concluiu.

Isso também pode ser interessante 👇🏻

• Buckman: soluções ecológicas para a fabricação de papel tissue
• Toscotec recebe pedido em regime turnkey da Wepa
• Próximo Painel Tissue Online debate o cenário atual sob o olhar da indústria de tissue