LubmasterNotíciasTissue no Brasil

Logística reversa de óleos lubrificantes contribui com a preservação do planeta

A Lubmaster acredita que o descarte correto dos resíduos traz inúmeros benefícios ao planeta

A preocupação com o meio ambiente está se tornando cada vez mais presente em todos os mercados. Implantar políticas de sustentabilidade deixou de ser apenas uma obrigação e se tornou uma estratégia competitiva para o sucesso das empresas. Consumidores, em geral, estão cada vez mais atentos às corporações que zelam pelo planeta, principalmente, entre aquelas que trabalham com matérias-primas de fontes não renováveis, como o petróleo.

No mercado de óleos lubrificantes, a Lubmaster vem trabalhando suas políticas sustentáveis para otimizar seu processo produtivo e diminuir cada vez mais o impacto causado no meio ambiente. A empresa se associou ao Instituto Jogue Limpo, que é uma entidade gestora responsável por realizar a logística reversa das embalagens plásticas de óleo lubrificante usadas e de óleo lubrificante usado ou contaminado (OLUC).

Agora, a Lubmaster também se empenha em destinar o seu OLUC para o rerefino, que está sendo cada vez mais utilizado em empresas no Brasil.

O processo de rerefino transforma o óleo lubrificante usado em óleo mineral básico de alta qualidade, mantendo a mesma qualidade do primeiro refino, além do mesmo desempenho e produtividade. Essa prática de logística reversa objetiva trabalhar cada vez menos o refino do petróleo e reaproveitar as matérias que já foram utilizadas, como os óleos descartados.

Tais práticas contribuem para a preservação do meio ambiente e oferecem uma opção além para as empresas que buscam práticas sustentáveis.

A Lubmaster acredita na importância do descarte correto dos resíduos e investe continuamente em estratégias de educação ambiental para diminuir os impactos ambientais e trazer resultados positivos a curto, médio e longo prazo, além de garantir um futuro saudável e promissor para gerações futuras.

Conheça mais sobre a Lubmaster: lubmaster.com.br

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo