NotíciasTissue no Brasil

Kimberly-Clark tem lucro líquido de US$ 411 milhões no 4º tri de 2018

A Kimberly-Clark, multinacional americana do setor de consumo, registrou um lucro líquido de US$ 411 milhões no quarto trimestre de 2018, o que representa uma queda de 33,4% em relação ao mesmo período do ano passado.

Na mesma base de comparação, a receita da companhia recuou 0,7%, passando de US$ 4,603 bilhões para US$ 4,569 bilhões.

Segundo o presidente da Kimberly, Mike Hsu, o ambiente macroeconômico no período foi desafiador, resultando em queda nas margens da companhia e refletindo uma significante redução da inflação de commodity e forte volatilidade cambial.

Além disso, a empresa disse que os custos mais altos de produção — impulsionados pela celulose e outros materiais de base — também contribuíram para os resultados menores no quarto trimestre.

Por segmento, as vendas de produtos pessoais caíram 2%, as de lenços de papéis e da K-C Professional — divisão de produtos para empresas — ficaram estáveis.

Na América do Norte, as vendas orgânicas da K-C Professional subiram 6% e de produtos de consumo aumentaram 3%. Fora dessa região, o crescimento foi de 4% para ambos segmentos.

Para 2019, a Kimberly-Clark espera registrar uma queda de 1% a 2% nas vendas e uma redução de 2% a 3% no lucro operacional. O lucro por ação neste ano deve ficar em US$ 6,50 a US$ 6,70.

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.