fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Celulose Notícias

Fibria fecha contratos com fornecedores e avança com projeto de expansão da unidade

A execução do Projeto Horizonte 2 contará com cerca de 60 fornecedores locais

693adcc46a80b0f352097597fe77f2ac

Foto: Divulgação/Fibria

A Fibria, empresa brasileira de base florestal, líder mundial na produção de celulose de eucalipto, informou a contratação de importantes pacotes de serviços e de equipamentos para o Projeto Horizonte 2, que ampliará a capacidade de produção de sua Unidade de Três Lagoas. Segundo publicado no site da empresa, a companhia fechou a contratação do Grupo Andritz para fornecer o pacote de pátio de cavacos, linha de fibras (cozimento, lavagem e branqueamento), máquina de secar, caldeira de recuperação, evaporação, caustificação e forno de cal.

Até o momento, a empresa também já negociou o fornecimento da infraestrutura, os turbogeradores (Siemens), o gerenciamento das obras (Time Now), as válvulas automáticas (Flowserve), as bombas centrífugas (Sulzer), todo o sistema de transmissão e distribuição de energia (Asea Brown Boveri – ABB), que inclui subestação primária, motores, central de controle de motores (CCM) e transformadores, e BOP – Balance of Plant (Pöyry).

Projeto Horizonte 2
O Projeto Horizonte 2, aprovado pelo Conselho de Administração da Fibria no dia 14 de maio e amplamente divulgado pela companhia ao mercado, irá construir uma segunda linha de produção na unidade de Três Lagoas, com capacidade de 1,75 milhão de toneladas de celulose/ano. Com a expansão, prevista para entrar em operação no quarto trimestre de 2017, a unidade do Mato Grosso do Sul atingirá a capacidade total de produção de 3,05 milhões de toneladas de celulose/ano. Com isso, a capacidade total de produção da Fibria, considerando-se todas as suas unidades, passará dos atuais 5,3 milhões de toneladas de celulose/ano para mais de 7 milhões de toneladas de celulose/ano.

Empregos
Ao longo dos dois anos de execução do Projeto Horizonte 2, estima-se que serão criados 40 mil empregos diretos e indiretos. Durante o pico da obra, serão cerca de 10 mil trabalhadores. Quando entrar em operação, a nova linha de celulose da Fibria terá 3 mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos.
A execução do Projeto Horizonte 2 contará com cerca de 60 fornecedores locais. Ao longo das obras, a Fibria promoverá 500 mil horas de treinamento na área Florestal e outras 390 mil horas de treinamento na área Industrial, incluindo a preparação da equipe própria e de terceiros.

Autossuficiência
A unidade da Fibria em Três Lagoas possui autossuficiência energética. Toda a energia consumida é gerada na própria fábrica, por meio de biomassa proveniente de cascas do eucalipto e biomassa líquida resultante do processo industrial. O Projeto Horizonte 2, além de gerar e consumir a própria energia, produzirá um excedente de 120 MWH, que contribuirá para o balanço energético brasileiro.

capitalnews.com.br