NotíciasPapel Marrom

Expedição de embalagens de papelão cresce mais de 5% em 2020

Em dezembro, a expedição de embalagens de papelão ondulado se manteve aquecida e avançou 11,1%

A expedição brasileira de caixas, chapas e acessórios de papelão teve forte desempenho desde julho e encerrou 2020 com crescimento de 5,5%, para 3,8 milhões de toneladas, o maior volume desde o começo da série histórica em 2005 e o maior índice de expansão desde 2010.

Os dados são da Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel, antiga ABPO), que divulgou boletim estatístico nessa terça-feira, 2. De acordo com a entidade, em dezembro – mês em que tradicionalmente, começa a ocorrer acomodação da demanda –, a expedição de embalagens de papelão ondulado se manteve aquecida e cresceu 11,1% na comparação anual, para 318,9 mil toneladas.

Trata-se da primeira vez, desde o início da série em 2005, em que o volume expedido em dezembro supera 300 mil toneladas, segundo a FGV/IBRE.

 

Em relação a novembro, a expansão foi de 2,5% levando-se em conta os dados com ajuste sazonal, para 335,7 mil toneladas.

No último mês de 2020 – que teve um dia útil a mais que dezembro de 2019 –, a produção por dia útil teve um avanço de 6,8%, para 12.264 mil toneladas.

As expedições totalizaram 1,02 milhão de toneladas no acumulado do quarto trimestre, o que representa alta de 7,6% na comparação anual. No entanto, o volume foi ligeiramente inferior ao visto no terceiro trimestre, de 1,03 milhão de toneladas.

Fonte
Valor Econômico
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo