EximportNotíciasTissue no Brasil

Entenda a importância da lubrificação em máquinas de papel

A Eximport®, líder em sistemas de lubrificação centralizada para o setor de Papel e Celulose, vai promover um bate-papo de altíssimo nível com dois especialistas: um expert em fabricação e outro em engenharia de manutenção de máquinas de papel

Com o setor de Papel e Celulose batendo recordes consecutivos de produção, melhorias para aumento de performance das máquinas de papel tornaram-se frequentes nas plantas produtivas. Com isso, a lubrificação centrada em confiabilidade operacional tem se destacado cada vez mais como estratégia para aumentar a disponibilidade das máquinas de papel, reduzindo custos de paradas não programadas, estendendo a vida útil de rolamentos do Yankee, prensas e demais rolos.

A fim de promover um aprofundamento sobre a importância da lubrificação em máquinas de papel, a Eximport®, líder em sistemas de lubrificação centralizada para o setor de Papel e Celulose, convidou dois especialistas no assunto para um bate-papo: os engenheiros Dimas Mariano, profissional com mais de 20 anos de experiência, especialista em engenharia de manutenção de máquinas de Papel Tissue, com atuação nos maiores players fabricantes de papel tissue, e Eduardo Souza, profissional com mais de 20 anos de mercado, especialista em coordenação de projetos de máquinas de papel, também com atuação nos maiores players mundiais de projeto e fabricação de máquinas e papel.

Com esse time, serão abordados pontos como melhorias, estratégias, tendências, novas soluções e alguns cases que custaram e ainda continuam custando muito caro para a indústria de papel tissue.

Data: 06/05
Horário: 19:00 – 20:30
Acesso: Ao vivo pelo canal do YouTube da Eximport

Envie suas perguntas antecipadamente para: jfreitas@eximport.com.br até o dia 05/05.

Para maiores detalhes, acesse: www.eximport.com.br ou ligue: (11) 5525 9777.

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo