Celulose Notícias

Celulose tem 1ª alta no ano e ações sobem

AÇÕES

O anúncio recente do fechamento de duas fábricas de celulose no exterior, nos Estados Unidos e na Espanha, abriu espaço para o primeiro reajuste do ano no preço da celulose branqueada de eucalipto pelas duas maiores produtoras mundiais, as brasileiras Fibria e Suzano Papel e Celulose.

Os novos preços entram em vigor a partir do mês que vem.

A notícia do aumento impulsionou as ações das duas companhias na BM&FBovespa, que vinham em baixa devido à cautela dos investidores frente ao grande volume de celulose no mercado mundial.

Embora ainda estejam abaixo do Ibovespa no ano, desde 4 de setembro as ações da Fibria subiram 15,5% e as da Suzano, 9,58%.

Exame

selo_ok