fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Banner Incape Portal Tissue Online

Notícias Tissue no Brasil

Voith promove constantes mudanças

• Reversão da tendência em pedidos recebidos se estabiliza: volume de pedidos aumenta em 7% no ano fiscal de 2013/14
• Vendas consolidadas e lucro líquido em queda
• Foco permanece na implementação do bem-sucedido programa “Voith 150+”

voith logo

Em um mercado e um ambiente competitivo que continuou sendo muito desafiador no ano fiscal de 2013/14, a Voith realizou avanços visíveis com o seu bem-sucedido programa, válido para todo o grupo, o “Voith 150+”, lançado em 2013. Mesmo diante da falta de estímulo no ambiente de negócios e em praticamente todos os seus principais mercados, o nível de pedidos do grupo de tecnologia aumentou em cerca de 7%, para € 5,581 bilhões, mesmo diante da queda ocorrida nos dois anos anteriores. Ajustado para efeitos cambiais, o crescimento poderia alcançar os 11%. Isso permitiu reforçar a reversão da tendência que já havia sido vista no primeiro semestre do ano. Todas as Divisões do Grupo contribuíram para o aumento. Os pedidos em carteira alcançaram € 5,379 bilhões em 30 de setembro de 2014, apenas 5% acima do nível registrado no ano anterior.

Essa perceptível melhoria na situação de pedidos, no entanto, ainda não impactou as vendas consolidadas do ano fiscal passado, que caíram em cerca de 7%, atingindo € 5,345 bilhões, provocadas pelos menores volumes de pedidos dos anos anteriores. Das quatro Divisões do Grupo, a Voith Paper foi a que registrou a maior queda em suas vendas, com uma redução de 13%.

Nessa Divisão do Grupo, a situação da linha de negócios de novas máquinas, em especial, ainda não chegou ao seu nível mais baixo, mesmo depois de seguidos anos de contração do mercado.

As receitas do Grupo também foram especialmente pressionadas pela permanência da situação desfavorável na linha de negócios de novas máquinas da Voith Paper. O lucro operacional do Grupo caiu para € 270 milhões (ano anterior: € 350 milhões), e a maior parte dessa queda pode ser atribuída à Voith Paper. Mesmo assim, a Voith Paper também apresentou lucro operacional, seguindo a tendência de todas as outras Divisões do Grupo. Seu resultado final foi um lucro líquido de € 41 milhões (€ 65 milhões); os efeitos positivos gerados pelos menores custos de reestruturação, assim como pela venda de ativos, foram mais do que compensados pelos maiores impostos e pela imparidade de títulos.

“Os fundamentos da Voith continuam a lhe garantir excelente saúde. Repetindo a mesma situação que vemos há alguns anos, seguimos sem endividamento líquido e mais uma vez pudemos gerar um fluxo de caixa livre, apesar das inúmeras adversidades enfrentadas em mais um ano difícil. Essa solidez financeira nos dá a folga que precisamos para superarmos a próxima fase da reestruturação do Grupo com nossos próprios recursos”, afirma o Dr. Hubert Lienhard, presidente e CEO do Grupo.

Programa de sucesso “Voith 150+” continua avançando dentro do cronograma

No ano fiscal passado, a Voith continuou avançando dentro do cronograma com as mudanças fundamentais propostas no âmbito do programa de sucesso “Voith 150+”. Com este programa, a Voith busca o objetivo de garantir a sua competitividade e capacidade de crescimento no longo prazo – para além de seu aniversário de 150 anos, a ser comemorado em 2017. O programa tem a finalidade de otimizar o portfólio e os processos da Voith, assim como reforçar a sua cultura corporativa em um ambiente em rápida transformação. Uma vez implementado em sua totalidade, a Voith prevê obter economias anuais de € 250 milhões, o que lhe permitirá liberar um capital de giro de € 100 milhões.

Até o momento, a implementação do “Voith 150+” vem se focando primordialmente na otimização de seu portfólio. No ano fiscal passado, isso incluiu a continuidade das ações de reestruturação da Voith Paper, a conclusão do realinhamento da unidade de Kiel e a utilização de aquisições e vendas de ativos para dar maior foco às atividades da Divisão da Voith Industrial Services.

Um passo importante relacionado ao programa “Voith 150+” foi a aquisição de uma participação estratégica na KUKA AG, divulgada há poucos dias. Considerando-se o fato de que, no decorrer dos próximos anos e décadas, a produção industrial será fortemente caracterizada pela crescente automação e interconexão, para a Voith, uma participação na KUKA constitui um passo estratégico rumo a um posicionamento na futura tendência da “Indústria 4.0”.

Desenvolvimento heterogêneo das Divisões do Grupo

A Voith Hydro, fornecedora de soluções completas para usinas hidrelétricas, não conseguiu alcançar a expectativa de equiparar seu elevado nível de vendas do ano anterior. No tocante a novos negócios, entretanto, essa Divisão do Grupo obteve grande sucesso, aumentando o nível de seus pedidos recebidos em cerca de um quarto.

A Voith Industrial Services, provedora de serviços globais para importantes setores da economia, como o automotivo, de energia, químico e petroquímico, de engenharia mecânica e aeroespacial, enfrentou um ano de intensas mudanças, principalmente devido à otimização de seu portfólio e ao alinhamento de seu foco estratégico. Ajustadas para as mudanças realizadas no Grupo, suas vendas registraram um leve aumento no ano passado. Nesse tocante, o desenvolvimento de sua maior divisão, a área Automotiva, foi especialmente positivo.

A Voith Paper continuou sofrendo com o desenvolvimento dos negócios em sua divisão de Projetos, isto é, na linha de negócios de máquinas novas.

Por outro lado, seus negócios nas áreas de produtos, consumíveis e serviços nas Divisões de Fabric & Roll Systems e Products & Services registraram um desenvolvimento muito positivo.

A Voith Turbo, especialista na transmissão de potência mecânica, registrou um desenvolvimento positivo como um todo – apesar da difícil situação de mercado. Ajustadas para o realinhamento das atividades da área de negócios de Locomotivas, em Kiel, as vendas permaneceram praticamente no mesmo nível do ano anterior, enquanto que os pedidos recebidos registraram um leve aumento. O desenvolvimento da divisão de Veículos Comerciais foi uma notícia especialmente positiva.

Perspectivas: desenvolvimento moderado dos negócios e foco no “Voith 150+”

Para o ano fiscal de 2014/15, a Voith mais uma vez está prevendo um ambiente desafiador à luz de uma economia global que continua frágil e um clima de investimentos que permanece comedido em importantes setores e regiões. Consequentemente, o Grupo espera que o nível geral de vendas e pedidos recebidos permaneça constante no atual ano fiscal. Espera-se que tanto o lucro operacional como o ROCE do Grupo Voith apresentem um leve aumento, entre outros motivos, devido aos crescentes efeitos positivos das medidas introduzidas no âmbito do programa “Voith 150+”.

Mais uma vez, a Voith continuará avançando na implementação do programa “Voith 150+” no ano fiscal corrente, de 2014/15. Nesse tocante, a empresa está colocando o seu foco não apenas na implementação das iniciativas de excelência em todas as Divisões do Grupo, mas também na reorganização de suas funções administrativas globais. Para 2015, a Voith planeja agrupar e racionalizar partes de suas funções administrativas nos níveis global e regional.

À medida que o programa for implementado em sua totalidade, ao longo dos próximos dois anos, os efeitos positivos do “Voith 150+” se tornarão cada vez mais visíveis. Temos agido com rapidez e consistência, embora estejamos nos dedicando ao avanço dessas mudanças com o devido cuidado e a consciência de nossas responsabilidades diante de nossos colaboradores. O objetivo é colocar a Voith em uma posição que lhe permita alcançar o sucesso no longo prazo. E, para essa tarefa, temos omelhor ponto de partida possível: um portfólio focado nas demandas do futuro, solidez financeira, uma organização eficiente e colaboradores extraordinários”, afirma o CEO Lienhard.

A Voith estabelece padrões nos mercados de energia, petróleo & gás, papel, matérias-primas e transporte & automotivo. Fundada em 1867, a Voith atualmente tem mais de 42.000 colaboradores, gera € 5,3 bilhões em vendas e opera filiais em mais de 50 países no mundo inteiro, o que a coloca entre as maiores empresas familiares da Europa.

Voith