CeluloseNotícias

Suzano é premiada por inovação aberta e colaboração com startups

Fabricante de celulose recebeu prêmio em duas categorias do Corporate Startup Stars 2020

Em dezembro, a Suzano ficou entre as empresas com melhor atuação em inovação aberta e colaboração com startups no Corporate Startup Stars 2020.  A premiação é promovida anualmente desde 2016, no âmbito da iniciativa Startup Europe Partnership, da Comissão Europeia, e na última edição, expandiu sua presença globalmente com uma parceria entre a consultoria Mind the Bridge e a Câmara de Comércio Internacional (International Chamber of Commerce – ICC).

As startups foram convidadas, pelo quinto ano consecutivo, a citar empresas em todas as regiões do mundo com as melhores práticas em inovação aberta e apoio a esses parceiros. A Suzano foi premiada em duas categorias, figurando entre as 25 empresas desafiadoras de Inovação aberta (Top 25 Corporates Open Innovation Challengers) e recebendo um reconhecimento especial por sua atuação em Inovação interna (Internal Innovation).

No total, foram indicadas 50 organizações, das quais apenas três são brasileiras. 25 foram condecoradas na categoria Open Innovation Challengers e 25 receberam o prêmio na categoria Corporate Startup Stars Apenas duas companhias foram indicadas na categoria Inovação interna em todo o mundo.

De acordo com a fabricante de celulose, o prêmio comprova a internalização de conhecimentos e talentos em áreas estratégicas para a Suzano e significa um reconhecimento aos esforços para acelerar a inovação interna. Esse movimento levou a companhia a adquirir, no passado, a Futuragene e a Lignol, atual Suzano Canadá, e mais recentemente, a realizar a digitalização em direção à indústria 4.0.

“Vivenciamos uma jornada de transformação dentro da Suzano e, por isso, é motivo de muito orgulho sermos reconhecidos em um prêmio com a dimensão global da Corporate Startup Stars 2020. Adotar a inovação aberta em nosso dia a dia é uma etapa natural às nossas ambições de ajudarmos a construir um mundo melhor e mais sustentável”, comenta Alexandre Cezilla, Head de Digital da Suzano.

 

A fim de acelerar esse processo, a empresa ainda colocou em andamento a Academia Digital e o Programa de Embaixadores digitais, que contribuem para o desenvolvimento de habilidades como ciência de dados, agilidade, design e inovação aberta entre os funcionários. A Suzano tem quase 30 embaixadores digitais e cerca 60 cientistas de dados capacitados, além de mais de 2.000 colaboradores participantes das comunidades virtuais de Digital da companhia.

Na iniciativa Corporate Startup Stars Award, as startups são convocadas por meio de uma chamada pública a indicar as empresas mais ativas e amigáveis na atuação com esses parceiros. A partir disso, as companhias nomeadas são convidadas a se inscrever para a ação, fornecendo informações detalhadas e referências sobre seu trabalho em Inovação aberta. Organizações identificadas por meio de pesquisas secundárias também são convidadas para a iniciativa.

Fonte
Suzano
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo