fbpx
CoronavírusNotíciasOutros papéis

Navigator sofre queda nas vendas e adere a lay-off

Empresa sofreu queda de 3,8% no volume de vendas no primeiro trimestre de 2020

A The Navigator Company registou uma queda de 3,8% no volume de vendas no primeiro trimestre de 2020, para 406 milhões de euros, ante o mesmo período no ano passado, segundo comunicado da empresa enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) na quarta-feira, 20. Já os lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) somaram 88 milhões de euros, uma queda de 15,7%.

O impacto na atividade da pandemia de Covid-19 levou a companhia a recorrer ao lay-off, que afetará 1.201 trabalhadores, entre eles, 97 em suspensão integral, em medida que entra em vigor a partir de 1° de junho.

A opção pelo mecanismo de suspensão temporária do trabalho é justificada com a adoção de uma postura de “prudência ante a situação atual”, segundo a companhia.

Navigator sofre queda nas vendas e adere a lay-off

DIMINUIÇÃO DE ENCOMENDAS “SEM PRECEDENTES”

“A partir de meados de março, com a implementação do estado de emergência, em diversos países destino das exportações do grupo, e das consequentes medidas estritas de confinamento, verificou-se uma significativa redução de atividade econômica nos principais mercados do grupo, com impacto direto na atividade dos seus clientes e no consumo global de papel”, o que levou a uma “diminuição de encomendas, sem precedentes, registada desde o final de março”, segundo a Navigator.

Assim, a empresa de celulose foi ‘forçada’ “a suspender parcial e temporariamente a produção de papel a partir de 22 de abril, por um período estimado inicialmente de cerca de 30 dias afetando entre 700 toneladas a 2000 toneladas diárias”.

Mesmo assim, em abril, a empresa “optou por manter a situação de emprego dos trabalhadores, de forma a que não houvesse impacto no seu rendimento, decidindo, após um mês, reavaliar a situação e a necessidade de eventuais medidas adicionais”.

Neste momento, “verifica-se que as condições de debilidade de mercado se mantêm, e, considerando o nível de encomendas de papel para o mês de junho, a empresa tomou a decisão de prolongar até ao final de junho a redução de produção anteriormente prevista, o que permitirá um maior equilíbrio entre a oferta e procura, minimizando o risco de acumulação de stocks na cadeia de abastecimento”.

[btnsx id=”46208″] • Como ficará o mercado professional pós-crise?
• Conheça o Valmet Overhaul Service
• Aumento da demanda de tissue não é necessariamente uma boa notícia para as principais marcas

A Navigator sinaliza, ainda, que “graças à excelente posição na carteira de encomendas que detinha em março, a Navigator conseguiu adiar esta opção até ao limite possível”. A produção de celulose foi, assim, ajustada de acordo com as necessidades de produção das máquinas de papel em atividade.

Navigator sofre queda nas vendas e adere a lay-off

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.