CeluloseMelhoramentosNotícias

Melhoramentos tem mudanças em seu Conselho de Administração

A chegada de novos membros reforça a atuação da companhia em ações ESG e no mercado imobiliário sustentável

A Melhoramentos, companhia de capital aberto que controla uma das maiores empresas do setor editorial, de fibras de alto rendimento e imobiliário no país, anuncia a chegada de dois novos membros em seu Conselho de Administração: Paula Weiszflog, com sólida experiência em temas de sustentabilidade e gestão estratégica de pessoas, com uma atuação que reforçará a pauta ESG da empresa, e Marcelo Willer, arquiteto e especialista no mercado imobiliário, setor em que a empresa tem uma forte orientação estratégica dado seu vasto landbank.

Ambos assumem os novos cargos no momento seguinte ao anúncio de novo posicionamento estratégico da Melhoramentos no mercado feito no ano passado (2021), orientado para produtos que tenham maior impacto positivo para o meio ambiente, com ampliação da cultura e educação no país e maior desenvolvimento socioeconômico responsável.

“A atuação da Paula Weiszflog e do Marcelo Willer no Conselho da Melhoramentos somará ainda mais esforços e conhecimentos às ações de ecoeficiência e a potencialização dos impactos positivos sociais e ambientais que a companhia sempre busca realizar. Os dois executivos têm em suas áreas a visão estratégica e alinhamento com nosso propósito de que os nossos negócios só serão positivos para nós se for igualmente para todos os nossos stakeholders. Juntos vamos construir a empresa do amanhã”, declara o CEO da Melhoramentos, Rafael Gibini.

Desde 2017, Paula Weiszflog participa do processo de sucessão familiar nos negócios, atuando em dois comitês de trabalho (Comitê de Visão & Gestão e Comitê de Governança), compostos por membros da 3ª e 4ª geração das famílias acionistas.

Este processo resultou na implantação de uma nova estrutura de governança, a partir da criação de duas novas instâncias: a Sala de Acionistas e a Sala de Família. Em abril de 2019, a executiva assumiu a vice-presidência da Sala de Acionistas, com um mandato de dois anos.

Paula é formada em Administração de Empresas pela FAAP, com MBA em Marketing pela FAAP em parceria com American University, Washington, D.C. (EUA) e MSW (Master of Social Work) pela Washington University –School of Social Work – com ênfase em Políticas e Programas de Desenvolvimento Econômico & Social. Também tem formação em Psicanálise – Centro de Estudos Psicanalíticos.

Com mais de 20 anos de experiência profissional, atuou em empresas nacionais e internacionais de diversos setores como IDIS (Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social), Instituto Votorantim, Vision for Children at Risk (VCR), St. Louis, MO, EUA, Jewish Community Center (JCC), St. Louis, MO, EUA.

A executiva assume o novo cargo antes ocupado por seu pai, Alfredo Weiszflog, que se aposenta após 54 anos dedicados, com legado fundamental para a empresa. O processo de sucessão formal contou com o apoio de uma consultoria especializada no tema.

“A Melhoramentos é uma empresa brasileira, com 132 anos de trajetória. Minha contribuição será colocar minha visão de mundo em prática. Darei sequência ao legado deixado pelo meu avô e pelo meu pai, de fazer da Melhoramentos uma empresa cada vez mais cidadã e humanista, que valoriza as pessoas e que atua com integridade, equidade, transparência e visão de desenvolvimento regenerativo. Seremos cada vez mais movidos pelo nosso propósito”, destaca Paula Weiszflog.

A chegada de Marcelo Willer – arquiteto e urbanista formado pela Universidade Federal do Paraná – também trará ao conselho sua experiência de mais de duas décadas atuando em governança de empresas de capital aberto, além de sua expertise na atuação no setor imobiliário, desenvolvendo e estudando a vocação de importantes áreas de loteamento de grandes empresas.

O executivo, ex-CEO da Alphaville Urbanismo, e que já foi presidente e membro do conselho de administração de diversas empresas como Alea, Artesano Urbanismo, além de ter atuado na expansão de empresas com grandes projetos em diversas regiões do país, acredita que a Melhoramentos está escrevendo um capítulo na história do país, ao investir em inteligência para a gestão estratégica de suas áreas, que vão trazer um valor ambiental e deixar um legado importante no Brasil.

“O desafio que mais me motiva é apoiar no desenvolvimento sustentável nas áreas da Melhoramentos. A empresa tem grandes ambições nesta área e iremos realizar um crescimento urbano consciente, sem comprometer o equilíbrio ambiental que a empresa gera na captura de carbono. Um desafio que faz muito sentido para os propósitos da empresa e para os meus pessoais: realizar projetos que contribuam para o desenvolvimento da economia, sociedade e do planeta”, conclui Marcelo Willer.

CONSELHO ADMINISTRATIVO DE PESO

Atualmente, o Conselho de Administração é formado por dez membros, sendo cinco deles independentes, entre eles: Hélio Lima Magalhães (ex-presidente do Citibank, American Express e ex-presidente do conselho de administração do Banco do Brasil), eleito no final de 2021 presidente do Conselho da Melhoramentos, e Andiara Petterle (empreendedora digital e ex-VP do Grupo RBS) eleita vice-presidente do Conselho de Administração da Melhoramentos.

Há cerca de dois anos, a Melhoramentos passou a ser regida por uma governança corporativa independente e anunciou a chegada de Rafael Gibini, como CEO da empresa. Em 2021, a empresa anunciou a mudança de sua marca, com novo posicionamento estratégico.

A Melhoramentos finalizou 2021 com crescimento de 49% na receita líquida em relação a 2020, resultado 23% maior que o registrado no período pré-Covid (2019). Também no ano passado, elevou seus investimentos em pessoas, produtos, processos e tecnologia, um avanço de 163% em relação a 2020. Para 2022, a expectativa é consolidar sua recuperação de forma consistente.

Fonte
Melhoramentos
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo