fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Notícias Notícias Exclusivas Tissue no Mundo

Lucros da Semapa crescem 21,8% (47,8 milhões de euros)

Os resultados líquidos da Semapa aumentaram 21,8% no primeiro semestre deste ano, comparado ao ano passado, num valor de 47,8 milhões de euros.

semapa

A Semapa informa que a alta dos lucros foi consequência de vários fatores, entre os quais a “diminuição das amortizações e perdas por imparidades” e a “diminuição de impostos de 20,6 milhões de euros”, que, por sua vez, resulta da “libertação de provisões que tinham sido constituídas neste âmbito e da redução da taxa de imposto de 30% para 25% na Tunísia”.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a empresa adianta que o volume de vendas aumentou 0,1% para 976,9 milhões de euros, tendo os setores de celulose e papel caído 1,2% para 747,2 milhões de euros e os cimentos aumentado 5,3% para 217,3 milhões, um comportamento positivo neste último caso que “se deveu maioritariamente à boa performance das operações de exportação de cimento e clínquer a partir de Portugal”.

O EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do grupo caiu 2,4% para 196,9 milhões de euros.

Sobre as perspetivas futuras, no campo do papel e celulose, o grupo Semapa refere que se estima que “o bom nível de procura por parte do mercado chinês aumente ainda mais nos próximos meses e se mantenha relativamente forte até ao final do ano, o que poderá contribuir de forma positiva para o equilíbrio do mercado”, sendo ainda esperado um crescimento junto das economias emergentes do segmento do papel ‘tissue’ (papel  higiênico, cozinha, guardanapos, entre outras aplicações).

No caso do cimento, “para 2014, é possível perspetivar um ponto de inflexão na evolução da atividade do setor da construção”, pode ler-se no relatório do primeiro semestre, no qual se acrescenta que “de acordo com os indicadores de sentimento econômico, é possível que no segundo semestre se assista a uma recuperação da construção”.

selo_ok

www.oje.pt