NotíciasPapel Marrom

Irani recebe inscrições para programa de conexão com startups

A iniciativa selecionará cinco empresas para testar e cocriar soluções propostas nas unidades fabris da Irani

A Irani Papel e Embalagem está recebendo inscrições para a segunda edição do seu programa de conexão com startups, o Irani Labs. Desenvolvida em parceira com a GROW+, a iniciativa selecionará cinco empresas para testar e cocriar soluções propostas nas unidades fabris da Irani.

As selecionadas ainda contarão com um processo de contratualização simplificado (Fast Track) e poderão de receber investimento por meio do veículo de Corporate Venture Capital (CVC) da companhia.

Esta edição do programa será dividida em etapas. Após as inscrições, que se encerram no dia 22 de agosto, 20 startups serão selecionadas para entrevistas individuais entre os dias 3 e 15 de setembro. Dez delas serão escolhidas para a fase de apresentação dos projetos no Demoday, evento on-line que ocorre no dia 23 de setembro. Neste mesmo dia, que representa a fase final do programa, uma banca de avaliação analisará as soluções apresentadas e anunciará até cinco startups vencedoras.

A empresa está buscando startups com projetos e produtos em fase de desenvolvimento que estejam alinhados ao seu momento atual. Para isso, elencou quatro temáticas prioritárias para a chamada, tendo como premissas a sustentabilidade e a inovação para a construção de novos negócios e alternativas futuras para o setor de papel e embalagem:

  1. Indústria 4.0: soluções digitais e tecnológicas para a automação das fábricas, englobando digitalização de inventário, armazenamento, gestão e operação manual de produtos acabados e bobinas.
  2. Novos Materiais e Barreiras: desenvolvimento de materiais e soluções de embalagem que atendam às novas demandas de consumo a partir de matérias-primas mais sustentáveis.
  3. Design de Embalagem: criação de um ambiente virtual e interativo para o desenvolvimento e especialização de embalagens.
  4. Customer Experience: identificação de soluções tecnológicas para aprimorar o atendimento, relacionamento e experiência do cliente, tornando-a mais ágil e padronizada, mas sem perder a humanização.

Algumas das ferramentas desejadas para o embasamento dos projetos são: Inteligência artificial, RFID, blockchain, IoT (Internet das Coisas), machine learning, data base, nanotecnologia e tecnologias de processos de celulose dashboards.

Para se inscrever ou saber mais sobre o programa, acesse: https://www.irani.com.br/iranilabs/.

Fonte
Money Times
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo