NotíciasTissue no mundo

Grupo Voith alcança metas de vendas e lucro em mercado desafiador

Além de aumentar todos os seus principais indicadores de desempenho, a empresa alcançou seus objetivos de crescimento e lucro para o ano fiscal de 2022/23

O Grupo Voith apresentou bom desempenho no ambiente desafiador do ano fiscal de 2022/23 (de 1º de outubro de 2022 a 30 de setembro de 2023). Tanto em termos operacionais quanto financeiros, a Voith segue em posição robusta. Além de aumentar todos os seus principais indicadores de desempenho, a empresa alcançou seus objetivos de crescimento e lucro para o ano fiscal. O lucro líquido do Grupo também aumentou em relação ao ano fiscal anterior. O excelente desempenho do Grupo foi favorecido por sua diversificação setorial e geográfica, suas cadeias de suprimento regionais e a posição de mercado consolidada de suas três divisões.

“No ano fiscal que acabamos de encerrar, a Voith mais uma vez demonstrou sua resiliência. Apesar da delicada conjuntura econômica, continuamos aumentando nosso fluxo de caixa e crescendo de maneira lucrativa. O foco em tecnologias sustentáveis está se mostrando uma decisão acertada”, comenta o Dr. Toralf Haag, CEO da Voith.

RESUMO DO ANO FISCAL DE 2022/23: MELHORA EM TODOS OS INDICADORES DE DESEMPENHO

O Grupo Voith melhorou todos os seus principais indicadores de desempenho no ano fiscal de 2022/23. Todas as três divisões do Grupo contribuíram para esse avanço.

Os pedidos recebidos mais uma vez superaram as expectativas, alcançando o valor de 6,14 bilhões de euros (€), o que representa um aumento de 19% em relação ao elevado valor registrado no ano fiscal anterior. Já os pedidos em carteira alcançaram o valor recorde de € 7,22 bilhões. No mesmo período, as vendas do Grupo aumentaram 13%, alcançando € 5,51 bilhões, e o resultado operacional (EBIT) ficou em € 245 milhões. O retorno sobre as vendas subiu para 4,4% (em comparação com 4,1% no ano anterior), enquanto o retorno sobre o capital empregado (ROCE) aumentou para 12,1% (frente a 10,5% no ano anterior). O bom desempenho operacional da empresa aumentou o lucro líquido do Grupo para € 73 milhões, apesar das taxas de juros elevadas e o aumento que isso representa para o custo de financiamento da empresa.

Além do aumento nos lucros, a Voith também continua a investir em seu futuro. Assim, a empresa aumentou seus investimentos em pesquisa e desenvolvimento para € 232 milhões, o que representa um crescimento de 9%. Financeiramente, o Grupo Voith permanece sólido. O índice de capital próprio em relação ao capital total da empresa caiu levemente para 23,9% (em comparação com 24,1% no ano anterior). O fluxo de caixa operacional líquido avançou significativamente, alcançando € 306 milhões (frente a € 93 milhões no ano anterior). O endividamento líquido do Grupo também melhorou.

Como resume o Dr. Toralf Haag: “Nosso patrimônio líquido e nossa posição financeira continuam sólidos. O acesso confiável que temos a capital de longo prazo também nos abre a possibilidade de investir em áreas de crescimento ainda mais lucrativas para garantir a viabilidade futura da Voith.”

FOCO ESTRATÉGICO: SUSTENTABILIDADE INDUSTRIAL

A Voith continua comprometida com as megatendências de descarbonização e digitalização. Nossa transição de uma tradicional empresa de engenharia mecânica no sentido de um grupo de tecnologia sustentável com expertise digital de ponta oferece novas e promissoras oportunidades de negócios. É por isso que a Voith investe continuamente no refinamento estratégico e tecnológico do seu portfólio de produtos, o desenvolvimento de novas áreas de crescimento, assim como a criação de estruturas e processos eficientes.

Como áreas de crescimento futuro, a Voith identificou os segmentos de tecnologias do hidrogênio, sistemas de acionamento elétrico, transporte ferroviário de carga e armazenamento de energia, que lhe permitem não só alavancar o seu profundo conhecimento nos setores hidrelétrico, papeleiro, de mobilidade e de aplicações industriais, mas também utilizar seu portfólio de produtos existente.

Além do crescimento orgânico, a Voith se beneficiou de duas aquisições realizadas pela Divisão Turbo no último ano fiscal. As aquisições da IGW Rail (em outubro de 2022) e da Argo-Hytos (em agosto de 2022) se refletiram pela primeira vez nos resultados do Grupo, respondendo por um aumento de vendas de € 230 milhões e de pedidos recebidos de € 210 milhões.

NO ANO FISCAL DE 2022/23, TODAS AS TRÊS DIVISÕES CONTRIBUÍRAM PARA O BOM RESULTADO DO GRUPO

A Divisão Hydro manteve um bom desempenho no ano fiscal de 2022/23, apesar do ambiente de mercado desfavorável. Os pedidos recebidos subiram para € 1,92 bilhão (em comparação com € 1,18 bilhão no ano anterior). Um dos principais motivos para isso foi o aumento do volume de um grande projeto atual. As vendas aumentaram para € 1,19 bilhão, comparadas a € 1,05 bilhão no ano anterior. O EBIT aumentou levemente, para € 6 milhões, comparado a € 2 milhões no ano anterior. O aumento da rentabilidade continua a ser um objetivo prioritário para a Voith Hydro.

A Divisão Paper mais uma vez deu a maior contribuição para as vendas e lucros do Grupo. O resultado operacional (EBIT) somou € 145 milhões, comparado a € 131 milhões no ano anterior. As vendas subiram para € 2,24 bilhões (em comparação com € 2,2 bilhões no ano anterior). Os pedidos recebidos apresentaram uma leve queda em relação ao elevado valor do ano anterior, somando € 2,10 bilhões de euros (em comparação com € 2,26 bilhões no ano anterior).

Já a Divisão Turbo registou o maior crescimento em vendas e EBIT de todo o Grupo, o que também foi favorecido pelas duas aquisições dessa Divisão. As vendas e o EBIT aumentaram respectivamente para € 1,99 bilhão (em comparação com € 1,56 bilhão no ano anterior) e € 80 milhões (em comparação com € 48 milhões no ano anterior). Os pedidos recebidos subiram de € 1,64 bilhão para € 2,05 bilhões.

PERSPECTIVAS PARA O ANO FISCAL DE 2023/24

O ano fiscal atual (2023/24) também traz grandes incertezas econômicas e geopolíticas. Além da guerra na Ucrânia, temos mais incertezas provenientes do novo conflito no Oriente Médio. Fatores econômicos também estão prejudicando o desempenho da economia global. As taxas de inflação extraordinariamente altas na maioria dos países – e as políticas monetárias restritivas adotadas pelos bancos centrais como resposta a esse cenário – vêm prejudicando o crescimento da economia global. Com isso, as perspectivas de crescimento mundial continuam se deteriorando.

No entanto, a Voith está bem-preparada para enfrentar esses desafios. Nossa ampla diversificação setorial e geográfica, a posição de mercado consolidada das três divisões do Grupo e nosso balanço sólido garantem resiliência à nossa empresa. Por isso, apesar desse contexto adverso, a Voith decidiu continuar investindo em pesquisa e desenvolvimento, em parcerias e inovações, em educação profissionalizante e no contínuo desenvolvimento estratégico e organizacional da empresa. Isso permitirá à Voith seguir sua trajetória de crescimento sustentável e lucrativo no futuro.

Para o ano fiscal de 2023/24, a Voith prevê um desempenho estável de seus principais indicadores de desempenho. Em particular, a lucratividade do Grupo deverá continuar subindo. Também esperamos ver um leve aumento no resultado operacional (EBIT), assim como no crescimento do retorno sobre o capital empregado (ROCE) da empresa. Já o valor de pedidos recebidos e vendas do Grupo deverão ficar abaixo dos elevados valores observados no último ano fiscal.

Fonte
Voith
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo