Notícias Tissue no Mundo

Goma Camps investe 39 Milhões de Euros e cria mais 65 postos de trabalho

Goma_Camps

A Goma Camps compromete-se a investir até junho de 2015, 39 milhões de euros e criar mais 65 novos postos de trabalho, bem como a manter os atuais 118 postos de trabalho na unidade fabril de Vila Velha de Ródão, Portugal.

“A empresa e a Câmara concertaram uma estratégia e um modelo de desenvolvimento para o concelho e para a sua economia, que culminou com a assinatura deste protocolo”, disse  o presidente do município.

Luís Pereira explicou que a AMS vai ter também a preocupação na seleção dos seus recursos humanos “dar prioridade às pessoas que manifestarem disponibilidade para fixar residência em Vila Velha de Ródão, bem como às pessoas que já estão no concelho”.

O autarca realçou a importância deste protocolo que vem dar sequência ao projeto que o município está a implementando em Vila Velha de Ródão para fixação de pessoas e criação de emprego.

“Estamos fazendo investimentos na aquisição e recuperação de casas degradadas para depois colocá-las à disposição das pessoas com preços bastante baixos”, referiu Luís Pereira.

“Isto permite-nos de alguma forma resolver dois problemas básicos: isto é, criar empregos e resolver o problema da habitação e fixação das pessoas no concelho”, sublinhou o autarca.

A AMS vai adquirir novos terrenos para expansão da fábrica de papel tissue, no quais serão construídas novas instalações com uma área aproximada de 32.000 metros quadrados.

De acordo com o protocolo, a Câmara de Vila Velha de Ródão compromete-se a isentar a empresa das taxas de licenciamento relativas à construção dos novos edifícios e conceder a isenção do IMT (Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis) sobre a aquisição dos terrenos e do IMI (Imposto Municipal de Imóveis) sobre as construções realizadas.

O município tem ainda o direito de acompanhar os investimentos da empresa e o recrutamento de recursos humanos.

www.rtp.pt