Celulose Notícias

Fibria é destaque entre 50 grandes empresas mais engajadas em inovação aberta

Dentre mais de 800 grandes empresas participantes do movimento 100 Open Startups, a Fibria líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, classificou-se na 19ª posição entre as 50 companhias mais engajadas no ecossistema de inovação brasileiro, o Top Open Corps, apresentado pela primeira vez este ano.

No universo das cerca de 800 grandes empresas participantes do movimento 100 Open Startups, a Fibria, empresa brasileira e líder mundial na produção de celulose de eucalipto a partir de florestas plantadas, classificou-se na 19ª posição entre as 50 companhias mais engajadas no ecossistema de inovação brasileiro, o Top Open Corps, apresentado pela primeira vez este ano.

O movimento listou, pelo terceiro ano, as 100 startups mais atraentes na visão do mercado e prontas para investimento, além da lista de startups de destaque em 24 categorias. Os rankings, divulgados no último dia 04 em São Paulo, são resultado de um processo anual que envolve especialistas do mercado, como aceleradoras, investidores e grandes empresas, e reconhece as startups que mais despertaram interesse em grandes instituições. Mais de 1.500 relacionamentos foram estabelecidos entre startups e grandes empresas, quase o dobro comparado a 2017.

“Temos utilizado o conceito de inovação aberta de maneira mais ampla e a plataforma 100 Open Startups é uma grande oportunidade de estarmos em contato com as startups, buscando soluções para diversas áreas dentro da companhia”, afirma Cesar Bonine, gerente de Assuntos Regulatórios e Propriedade Intelectual da Fibria.

O evento contou também com a presença de uma das pesquisadoras em empreendedorismo mais influentes do mundo, a professora Saras Sarasvathy, da Darden School, da Universidade de Virginia (EUA), responsável por introduzir o conceito de Effectuation e que reconheceu o movimento 100 Open Startups como um case de validade global.

Comente com Facebook

Comentários