NotíciasTissue no Mundo

Fabricantes de tissue repassam aumentos de custo nos EUA

A primeira grande empresa a anunciar reajustes foi a Kimberly-Clark, nesta semana; expectativa é que outras companhias reportem novos preços em breve

A Kimberly-Clark informou que está notificando seus clientes sobre o aumento de preços para a maioria de seus negócios de produtos de consumo na América do Norte, para EUA e Canadá. Os aumentos foram reportados pela empresa, com sede em Dallas, nessa quarta-feira, 31, e de acordo com a K-C, são necessários para ajudar a compensar a inflação significativa dos custos das commodities, sobretudo, a celulose.

Os aumentos percentuais são considerados de médios a altos. Quase todos os reajustes entrarão em vigor no final de junho e impactarão os negócios de papel tissue e de personal care, tanto para cuidados com bebês e crianças como adultos.

A medida da fabricante dos papéis higiênicos Scott e lenços de papel Kleenex disparou a expectativa dos analistas de que outras empresas começarão a aumentar os preços dos produtos de tissue, que está se tornando o bem de consumo mais impactado recentemente pela alta dos custos das matérias-primas com a pandemia.

“Esperamos que a Procter & Gamble, nos EUA, dê o seu apoio em breve (fundamental para um movimento bem-sucedido), assim como a Kruger Products, para liderar uma iniciativa semelhante no Canadá”, disse o analista da CIBC Hamir Patel em nota.

Embora os fabricantes de papel higiênico tenham a opção de reduzir custos cortando o número de folhas e fazendo outras modificações de qualidade, aumentos de preços são amplamente esperados depois que o custo da celulose – um produto florestal – disparou 35% no ano passado, segundo Patel. Com a alta da matéria-prima, os estoques da fibra estão reduzidos nas fábricas na América do Norte.

“Não ficaríamos surpresos em ver movimentos semelhantes da Georgia-Pacific e da Procter & Gamble”, comentou, em nota, Mark Wilde, analista da BMO Capital Markets, acrescentando que essas empresas também enfrentam custos crescentes de celulose.

Isso pode ser uma boa notícia para a Clearwater Paper Corp., uma produtora de tissue de consumo que fabrica produtos de nível inferior utilizando papel reciclado.

Fonte
BloombergKimberly-Clark
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo