CeluloseNotícias

Empresas de celulose geram mais de 1,3 mil vagas de emprego no MS

Na contramão da crise econômica, a Eldorado Brasil e a Suzano geraram centenas de postos de trabalho no primeiro semestre deste ano

Mesmo diante da crise econômica em virtude da pandemia, as fábricas de celulose sul-mato-grossenses geraram mais de 1,3 mil vagas de empregos diretos e indiretos no primeiro semestre deste ano.

Somente a Eldorado Brasil, localizada em Três Lagoas, empregou mais de 600 pessoas nos primeiros seis meses de 2021. No ano passado, contratou 1.062 novos colaboradores. Ao total, a fábrica possui um quadro de cinco mil funcionários.

Já a Suzano, que também fica em Três Lagoas, empregou 714 pessoas durante o primeiro semestre do ano. Deste total, 186 foram para atender ao setor industrial e 528 ao setor florestal, que englobam Três Lagoas e municípios da região.

Apenas em 2020, a Suzano gerou mais de 1,3 mil vagas de empregos em todo o estado, sendo 217 delas para o setor industrial e 1.094 para atender ao setor florestal da companhia, que hoje tem cerca de 6 mil postos de trabalho, entre diretos e indiretos.

NOVA UNIDADE

Além da unidade de Três Lagoas, a Suzano anunciou, recentemente, a construção do Projeto Cerrado, sua nova fábrica de celulose em Ribas do Rio Pardo.

Durante a construção, o novo empreendimento deve gerar cerca de 10 mil empregos diretos, além de milhares de empregos indiretos em toda a região.

Quando concluída, a nova unidade pretende empregar 3 mil pessoas, entre colaboradores próprios e terceiros.

Fonte
Correio do Estado
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo