fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Notícias Tissue no Brasil

Embalagens do papel Neve divulgam o tema saneamento básico

destacada kc

O programa de aceleração inédito é uma iniciativa realizada dentro do projeto global Banheiros Mudam Vidas

A Neve®, marca de papel higiênico da multinacional americana Kimberly-Clark, transformou suas embalagens em uma plataforma de divulgação do tema saneamento básico ao consumidor. Desde 2016, a marca atua para o avanço desse direito.

A partir deste mês, toda a linha do papel Supreme Care passa a trazer informações sobre as iniciativas sociais que ganharam, neste ano, o desafio realizado pela Neve com empreendedores que buscam a universalização do saneamento básico no país.

neve face

Chamado de Desafio Neve, o programa de aceleração inédito é uma iniciativa realizada dentro do projeto global Banheiros Mudam Vidas, que objetiva melhorar a realidade de milhares de pessoas por meio do acesso ao saneamento básico.

A ação selecionou dez iniciativas promissoras para uma aceleração em parceria com a Sense-Lab, entre mais de 100 empresas, ONGs e startups inscritas com projetos para coleta e tratamento de esgoto. No mês de fevereiro, quatro delas foram premiadas pela marca com um capital-semente de R$ 50 mil cada, além de seis meses de mentoria adicional.  Agora, a fim de ampliar ainda mais a visibilidade das iniciativas vencedoras e do tema, a Neve leva agora aos clientes em suas embalagens as informações sobre a Taboa Engenharia, a Biosaneamento, a 10envolver e a Home Biogás.

“O projeto Banheiros Mudam Vidas é muito significativo para nós, pois permite atuar com um propósito alinhado ao compromisso global da Kimberly-Clark de impactar positivamente 1 bilhão de vidas até 2030. Ao mesmo tempo, como marca Neve, atuamos com essa causa tão urgente de atenção no Brasil desde 2015 e dentro do nosso território, que é o banheiro. Entendemos a importância do envolvimento do setor privado para buscar a universalização do saneamento básico no nosso país e ficamos muito orgulhosos com a possibilidade de oferecer mais dignidade às pessoas por meio dessa iniciativa”, explica Patrícia Menezes, diretora de Family Care da Kimberly-Clark.

Dados do Instituto Trata Brasil de 2018 apontam quase metade da população no país não possui coleta de esgoto (47,64%), e dela, quatro milhões de pessoas não tem acesso a um sanitário. Além disso, menos da metade (45,1%) do esgoto gerado no Brasil é tratado, sendo a maior parte descartado irregularmente no meio ambiente, impactando negativamente a saúde e agravando quadros de doenças. Em 2018, houve 233 mil internações por doenças de veiculação hídrica. As doenças causadas por saneamento inadequado custaram ao SUS (Sistema Único de Saúde) o valor R$ 1 bilhão nos últimos cinco anos, de acordo levantamento do Ministério da Saúde.

A Kimberly-Clark vem promovido o saneamento básico em comunidades carentes da América Latina há seis anos, por meio da doação de mais de US$ 1,5 milhão para melhorar milhares de vidas por meio de Banheiros Mudam Vidas. “Este ano, estamos dando um passo importante em nossa jornada expandindo o programa para um total de oito países da região para oferecer uma melhor higiene a centenas de comunidades”, relata Ricardo Yoshino, líder da categoria de Family Care da Kimberly-Clark na América Latina.

O saneamento adequado também pode mudar a realidade de muitas pessoas. O Trata Brasil indica que o acesso a água e esgoto tiraria, imediatamente, 635 mil mulheres da pobreza. Esse serviço essencial também ajuda a melhorar o índice de aprovação escolar de crianças e adolescentes.

A Kimberly-Clark atua globalmente na área do saneamento desde 2015. No Brasil, o projeto Banheiros Mudam Vidas foi lançado por meio da marca Neve, em 2016.

 

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• CEOs avaliam o atual cenário sob o olhar da indústria de tissue
• Tissue Online North America está no ar
• Estudo relata flúor químico em embalagem de alimentos