CeluloseNotícias

2021 deve ser promissor para Suzano e Klabin

Companhias tendem a se beneficiar com a alta da celulose, segundo a Ágora Investimentos

Após um ano conturbado em decorrência da pandemia do coronavírus, a Suzano e a Klabin devem tem um Ano Novo promissor, principalmente em decorrência da alta da celulose. A avaliação é da Ágora Investimentos.

“A maré definitivamente mudou para os mercados globais de celulose, com um processo de recuperação de preço ainda mais rápido do que antecipávamos para a Europa e América do Norte, enquanto as perspectivas na China permanecem saudáveis em geral”, afirmam os analistas Thiago Lofiego e Luiza Mussi.

De acordo com a dupla, os produtores estão aproveitando o momento positivo, com a retomada da economia e a chegada das vacinas, para reportar aumentos agressivos nos preços da fibra, a exemplo do reajuste de US$ 70 para a Europa.

 

Nesse cenário, a Ágora ressaltou sua prospecção positiva para o mercado de celulose no ano vindouro, sustentada pelo crescimento da demanda, preços mais altos do papel e oferta aquém do esperado.

Assim, as ações da Bolsa de Valores deverão se beneficiar com o aumento estimado de US$ 150 por tonelada de celulose. No radar, estão Suzano e Klabin, que continuam com recomendação de compra, de acordo com os analistas.

Fonte
Money Times
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo