CeluloseNotícias

Suzano anuncia novos preços da celulose a partir de janeiro

Reajuste é válido para clientes na Europa e nos Estados Unidos

A Suzano está anunciando aos seus clientes na Europa e nos Estados Unidos novos preços para celulose a partir de 1º de janeiro de 2021. Ao aplicar o reajuste, o preço efetivo no mercado europeu chegará a US$ 750 por tonelada e a US$ 970 na América do Norte, de acordo com fontes do mercado.

Os fabricantes de fibra curta e longa têm informado, desde outubro, aumentos de preço em diversos países. Com a curta, o movimento teve início na China e, mais recentemente, chegou ao mercado do Sudeste Asiático e do Oriente Médio.

O último aumento reportado pela Suzano, de US$ 30 por tonelada, entraria em vigor a partir de maio, na Europa e América do Norte. Na Europa, a cotação havia alcançado US$ 710 a tonelada e, na América do Norte, US$ 920 por tonelada naquele momento, respectivamente US$ 40 e US$ 50 abaixo dos valores que serão implantados em janeiro.

 

Os consecutivos aumentos de preço da fibra de fibra longa devem dar espaço para um novo reajuste na fibra curta na China, a ser anunciado pelos produtores na reta final  de 2020. Se concretizada, essa será a terceira alta na cotação desse tipo de fibra no maior mercado mundial desde o mês outubro, consolidando a curva de recuperação das cotações, que, há mais de um ano, seguem abaixo do custo marginal da indústria.

A tonelada de celulose de eucalipto na China está sendo negociada, desde o dia 1º, a US$ 500. A expectativa era de retomada nos demais mercados no próximo ano.

Fonte
Valor Econômico
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo