Notícias Varejo & Professional

Vendas em supermercados atingem alta real de 1,12% em julho

No acumulado de janeiro a julho o crescimento real foi de 1,91% na comparação com o mesmo período do ano passado

As vendas em supermercados apresentaram alta em julho ante junho em termos reais (deflacionado) de 1,12% e de 0,30% na comparação com o mesmo mês de 2017. Em valores nominais, o porcentual é de 1,45% e 4,78%m respectivamente conforme o Índice Nacional de Vendas da Associação Brasileira de Supermercados (Abras).

No acumulado de janeiro a julho o crescimento real foi de 1,91% na comparação com o mesmo período do ano passado, ao passo que o indicador nominal foi de 5,34%.

“O resultado real acumulado mostra uma desaceleração no ritmo das vendas do setor. A recuperação da economia ainda é lenta, embora a taxa de desemprego esteja em queda, ainda atinge cerca de 13 milhões de brasileiros economicamente ativos, o que impacta diretamente no poder de compra das pessoas. Mas nossas expectativas para os próximos meses são boas, com o pagamento da primeira parcela do 13º dos aposentados e a liberação do PIS/Pasep, acreditamos que a economia ganhará um impulso a mais nesse segundo semestre”, afirma o presidente da Abras, João Sanzovo Neto, por meio de nota.

Comente com Facebook

Comentários