fbpx
CeluloseNotícias

URGENTE: Greve geral dos caminhoneiros gera paralisação de fábricas de papel e celulose

Empresas como Mili, Suzano, Fibria, Eldorado, Klabin e International Paper já pararam suas produções – ou diminuíram em grande escala.

greve

Todas as fontes são internas das fábricas e preferem não ser identificadas.

De maneira geral, dá para ter imaginar o tamanho do transtorno que isso está causando nas produções de celulose e de papel.

Confira agora como está a real situação das fábricas de C&P no Brasil!

MILI

No sul do Brasil, a Mili é uma das empresas que está sendo prejudicada com a greve dos caminhoneiros.

O resultado é que até agora 5 máquinas que produzem papel já pararam e até o final da tarde, outra também deve encerrar o seu funcionamento.

KLABIN

Apesar dos eventos que vêm acontecendo, a Unidade Monte Alegre da Klabin em Telêmaco Borba no Paraná (que havia realizado uma parada geral desde o dia 14) deve seguir com seu cronograma, dessa forma, a retomada da produção estará sendo realizada normalmente nesta sexta-feira (25), cumprindo seu cronograma.

Já em Goiana no Pernambuco, a Klabin está sofrendo com a falta de gás para as empilhadeiras…

Caso esse “produto” não chegue até amanhã (25), a fábrica também deverá aderir a paralisação.

greve

SUZANO

Também no nordeste do país, em Mucuri, a Suzano reduziu as 2 linhas de produção que estavam em funcionamento.

E provavelmente até amanhã a outra linha também deve ficar parada.

O motivo?

Haverá a falta de soda, cloreto, entre outros produtos destinados para a Estação de Tratamento de Água e que são importantes para o funcionamento de todo sistema produtivo de celulose e papel.

A ideia é que a Estação volte a funcionar com o sulfato de alumínio, já que a Suzano tem um fornecedor localizado nas proximidades de sua fábrica – mas, as fontes não deram total certeza.

FIBRIA E ELDORADO

Em Três Lagoas (MS), que é a capital mundial da celulose, a Fibria e a Eldorado também estão cogitando parar as atividades até que a greve dos caminhoneiros se resolva.

Isso porque elas estão com a falta de produtos, que não chegaram até as suas fábricas de celulose, especialmente os químicos, que são fornecidos pela EKA.

INTERNATIONAL PAPER

Também em Três Lagoas, a International Paper avisou, de maneira informal, que vai parar se não chegar o seu amido – isso porque eles estão vindo em pequenos carros para que as máquinas não parem.

Mas, a previsão é a de que a fábrica pare de funcionar ainda hoje (24).

“Nossa fábrica está monitorando de perto, porém a situação parece estar se agravando e neste momento temos atenção em alguns produtos que podem faltar. O estoque atual só atende essa semana – nos próximos dias a situação irá se agravar”.

Fonte da notícia: Celulose Online

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
Baixe nosso e-book!

Conheça OS PRINCIPAIS fabricantes de papel tissue do Brasil e suas capacidades produtivas.

Este levantamento apresenta os principais fabricantes de papel tissue no Brasil em ranking definido por capacidade produtiva instalada.