fbpx




Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Trabalhadores de empresas de papel e celulose reivindicam direitos

suzano-celulose

Funcionários da International Paper e da Suzano estariam descontentes com propostas trabalhistas

Trabalhadores de empresas do segmento de papel e celulose estão reivindicando direitos. É o caso da International Paper e da Suzano, cujos funcionários estariam descontentes com propostas trabalhistas.

Na última quinta-feira, 10, representantes da International Paper e do Sititrel (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas) estiveram reunidos, na sede sindical, para tratar a respeito do Acordo Coletivo 2020/2021. Na ocasião, a empresa ofereceu reajuste salarial de 0% aos trabalhadores, proposta que foi recusada pelo sindicato.

Além disso, a companhia apresentou 1% de aumento no piso salarial, abono, ticket alimentação, filho excepcional e auxílio-creche. “A proposta, infelizmente, vai na contramão do que acreditamos ser justo. Por isso, não pensamos duas vezes, rejeitamos o que foi oferecido, é possível algo melhor aos trabalhadores que tanto se dedicam”, disse Almir Morgão, presidente do sindicato.

O Sititrel informou que outras reuniões devem ser agendadas em breve, a fim de que uma nova proposta seja apresentada e colocada em assembleia.

Já na fábrica de papel e celulose Suzano, em Três Lagoas, a 326 quilômetros de Campo Grande, uma paralisação das atividades foi agendada pelo Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados para terça-feira, 14, alegando falta de negociações com a companhia.

De acordo com ofício enviado pelo sindicato, a entidade apresentou negociações da ACT (Acordo Coletivo de Trabalho), que já penduram sete meses. Na assembleia, 320 de 530 pessoas apoiaram a greve. Somente 30% dos empregados efetivos continuarão nas atividades.

“Requeremos providências deste sindicato da classe junto a empresa. Dentre o que já foi declinado, pela insatisfação do acordo proposto“, solicita o sindicato.

A assessoria de comunicação da Suzano, no entanto, negou que funcionários tenham paralisado as atividades ontem.

“A Suzano informa que não houve adesão dos trabalhadores florestais da sua unidade Três Lagoas à paralisação decretada pelo sindicato da categoria e que suas operações no Mato Grosso do Sul seguem normalmente. Também esclarece que atua com total transparência junto aos seus colaboradores e mantém rigoroso cumprimento da Legislação Trabalhista e do Acordo Coletivo em vigência. E mesmo com a pandemia da Covid-19 e a consequente crise econômica mundial, segue mantendo suas operações, oferecendo todas as condições de saúde e segurança para seus colaboradores, garantindo postos de trabalho sem nenhuma redução salarial, está sempre aberta ao diálogo, além de ter apresentado uma proposta para fechamento do acordo muito superior à média do mercado. A Suzano mantém um canal de negociação aberto com o sindicato e informa que as negociações sindicais ainda estão em andamento”, declarou, em nota.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Conheça os conjuntos refinadores Techmelt
• Talk Tissue com Thiago Karam, diretor da INCAPE
• Toscotec lança novas rebobinadeiras Optima