CeluloseNotícias

Suzano se junta a hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico

A gigante de celulose chega para ampliar oportunidades de conexão e identificação de negócios

A Suzano, maior produtora mundial de celulose, anunciou sua integração ao Cubo Itaú, um relevante hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico na América Latina. Focada no agronegócio, a parceria foi feita com a vertical Cubo Agro, especializada no segmento.

“Percebemos que o agronegócio é um setor com muito potencial para o desenvolvimento de tecnologia e inovação, mas que faltava um ponto de conexão entre as diversas pontas. Estamos muito satisfeitos com o crescimento do Cubo Agro, que em menos de um ano tem mostrado resultados importantes e atraído parceiros tão relevantes para o setor, como a Suzano”, afirma Pedro Prates, co-head do Cubo Itaú.

A produtora de celulose chega para ampliar oportunidades de conexão e identificação de negócios com os principais protagonistas do ecossistema, sejam startups, demais corporações ou parceiros de inovação.

“Para nós, as parcerias com startups são estratégicas, pois contribuem para acelerarmos o desenvolvimento de soluções e tecnologias ao longo de toda nossa cadeia e consolidação da existência de um ecossistema de inovação em todas as áreas da companhia”, conta Paulo Mancinelli, gerente executivo de Excelência Operacional Florestal da Suzano.

Com o objetivo de fomentar a busca por tecnologias que ofereçam suporte para a inovabilidade – a inovação a favor da sustentabilidade –, a participação da Suzano junto ao Cubo Agro está conectada às suas ações de cumprimento dos “Compromissos para Renovar a Vida”, as metas de longo prazo da companhia. Uma das ambições da empresa é ser protagonista na transformação digital e cultural dos setores agro e florestal.

Nesse contexto, a expectativa é alavancar três principais frentes, sendo a primeira delas a aceleração da transformação digital por meio da experimentação de tecnologias e da troca com parceiros do ecossistema/comunidade.

A segunda frente é fomentar a mudança cultural, aproximando o setor ao movimento de transformação digital, de modo a disseminar conceitos de inovação, promover workshops e eventos, além de compartilhar conteúdo a partir de cases. E, por fim, há a pretensão de potencializar o reconhecimento do Cubo Agro como um radar de tecnologia na vanguarda das soluções e desenvolvimentos sendo aplicados no agro.

Esses fatores contribuem não apenas para a participação da Suzano no ecossistema de inovação, como também para alavancar os negócios da companhia. A expectativa é que o Cubo Agro se torne uma sede de inovação aberta e transformação digital da Suzano, atraindo empreendedores e parceiros.

Para o Cubo Itaú, a Suzano traz uma visão complementar aos parceiros do Cubo Agro, dada sua expertise relevante na área florestal, bastante conectada às discussões da atualidade. “Para nós, a chegada da Suzano é fundamental, pois ao juntar seus ativos, conhecimento e capacidade de execução com a velocidade e capacidade de inovação das startups, o resultado é uma sinergia importante para conduzir e acelerar a transformação digital do agro”, finaliza Pedro Prates.

Fonte
Suzano
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo