fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Suzano Papel e Celulose inicia operação de novo digestor na Unidade Suzano

A nova planta de cozimento aumentará em 33 mil toneladas a capacidade de produção de celulose branqueada da fábrica

Suzano_

A Suzano Papel e Celulose iniciou a operação da nova planta de cozimento da Unidade de Suzano, localizada na região metropolitana de São Paulo. O novo digestor aumentará em 33 mil toneladas a capacidade de produção anual de celulose branqueada, subindo para 550 mil toneladas a capacidade de produção anual da unidade. O novo equipamento também proporcionará redução do consumo de vapor e consequente redução de gás natural no balanço de insumos da fábrica.

Com tecnologia da Andritz, o novo equipamento é um dos mais avançados em termos de cozimento de madeira e substitui também o sistema antigo de cozimento por um cozimento contínuo, o que proporcionará melhor rendimento, com menor consumo de madeira para cada tonelada produzida e redução da utilização de químicos no processo seguinte, que é o branqueamento. A etapa seguinte do processo é a fabricação do papel ou o envio da celulose para o mercado. Além disso, outros benefícios são: redução do consumo de energia elétrica e de emissões ambientais, melhor estabilidade do processo, reaproveitamento do potencial térmico do processo de cozimento, entre outros.

Todo o projeto foi conduzido pela própria equipe Suzano, assim como as interfaces das demais áreas características do processo produtivo. “É um projeto de extrema importância para a unidade Suzano e nos coloca em outro patamar de competitividade, tanto em termos de produtividade, como em relação a eficiência energética. Nosso time está de parabéns por mais esse desafio implantado”, afirma José Alexandre, Diretor Industrial da Suzano Papel e Celulose.

O start up do projeto se deu na última parada geral de manutenção da Unidade de Suzano e o primeiro lote comercial foi produzido no final de maio.