fbpx


Banner Incape Portal Tissue Online
Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online


Celulose Notícias

Suzano Papel e Celulose assina Protocolo Agroambiental com Governo do Estado

Documento assinado com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento é válido até 2017

suzano

A Suzano Papel e Celulose assinou com a Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo o Protocolo Agroambiental do Setor Florestal, que envolve a adoção de boas práticas de manejo e tem por objetivo estimular a cooperação técnica entre Governo e  empresas para o desenvolvimento sustentável do setor florestal paulista.

O protocolo, válido até abril de 2017, reconhece a relevância do setor florestal e da empresa para o desenvolvimento econômico do Estado – com a geração de empregos, renda, divisas e tributos ao longo da cadeia produtiva – e também a contribuição do bom manejo das áreas florestais no controle de erosões, recuperação de áreas degradadas, fixação do dióxido de carbono e no combate às mudanças climáticas.

Entre as diretrizes técnicas acordas entre a Suzano e o Governo do Estado de São Paulo estão  conservação do solo, formação de corredores ecológicos, armazenamento e descarte adequado de embalagens de defensivos agrícolas, proteção e restauração do entorno das nascentes e cursos d’água nas propriedades, conservação da biodiversidade, combate a incêndios florestais, manejo das áreas de proteção permanentes, entre outros.

Essa iniciativa reitera e reforça o compromisso da Suzano no empreendimento de práticas sustentáveis nas suas  operações Sobre a Suzano Papel e Celulose

A Suzano Papel e Celulose (Bovespa: SUZB5, OTC: SUZBY e Latibex) é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina. Controlada pela Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, investe no setor de papel e celulose há 90 anos, com operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, possui seis unidades industriais: Suzano, Rio Verde, Limeira e Embu, no interior do Estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose por ano.