NotíciasPapel MarromVoith

Sucesso em conversão e start-up da MP5 da Papresa

Start-up é realizado um ano depois da assinatura do contrato com a Voith para reforma da máquina

Em março de 2021, a Papresa, maior fabricante de papel-jornal do sul da Europa, contratou a Voith para converter a máquina MP5 de sua fábrica de Rentería, na Espanha, de papel-jornal para testliner e miolo corrugado. Um ano depois da assinatura do contrato, a MP5 entrou em operação e proporcionará uma produção significativamente mais eficiente e sustentável de papéis de embalagem. A fábrica manterá a produção de papel-jornal na sua máquina MP6.

TECNOLOGIA DE PONTA DA VOITH PARA A REFORMA

Depois da reforma, MP5 terá uma capacidade para produzir cerca de 205 mil toneladas de testliner e miolo corrugado por ano, e operará a uma velocidade nominal de 1.200 m/min. Com uma largura de tela de 5.900 mm e uma largura de 5.400 mm na enroladeira, a máquina produzirá embalagens leves, com gramaturas entre 65 e 140 g/m².

Além de modificações no fluxo de aproximação, a seção de formação foi modernizada para operar com um DuoFormer D e novos elementos de desaguamento. A Voith também forneceu uma unidade sacudidora DuoShake e uma caixa de entrada MasterJetPro F/B com tecnologia de diluição ModuleJet I.

Para possibilitar esse aumento na capacidade da máquina de papel, a seção de prensas foi equipada com uma prensa de sapata NipcoFlex, o que a transformou em uma prensa DuoCentri NipcoFlex. Nos dois últimos grupos secadores da seção de pré-secagem, a máquina também foi equipada com novos cilindros de aço EvoSteel que operam com uma maior pressão de vapor. A qualidade superficial do papel produzido será melhorada graças à instalação de uma prensa de filme com uma nova seção de pós-secagem.

Já a enroladeira existente foi equipada com o sistema de retorno EcoChange W para aumentar sua eficiência na troca de estangas. Por fim, o escopo de fornecimento também incluiu um pacote de vestimentas completo para a MP5.

“Poder contar com a Voith neste projeto de conversão da MP5 nos deu a oportunidade de ter um parceiro tecnológico de longa data, que conhece profundamente nossa fábrica e nossas necessidades, e que tem ampla experiência em reformas de máquinas de papel. A experiência da Voith e nosso histórico de muitos anos de parceria valeram a pena: tanto a conversão como o start-up ocorreram sem intercorrências e nos deixaram extremamente satisfeitos”, diz Miguel Sánchez, presidente e CEO da Papresa.

TECNOLOGIAS PAPERMAKING 4.0 DE ÚLTIMA GERAÇÃO PARA UMA PRODUÇÃO EFICAZ

Além da conversão do tipo de papel, as ferramentas Papermaking 4.0 e os serviços abrangentes da Voith ajudarão a empresa a atingir suas ambiciosas metas de eficiência e sustentabilidade. O pacote de digitalização incluiu a plataforma da IIoT OnCumulus, o aplicativo de visualização de processos OnView.MassBalance, o aplicativo de controle de processos OnEfficiency.Strength e as soluções de manutenção remota OnPerformance.Lab. Com o pacote abrangente e personalizado fornecido pela Voith, a Papresa garantirá a máxima eficiência da fábrica e a melhor qualidade do papel.

“Com nosso know-how, componentes inovadores e tecnologia digital de ponta, a Papresa poderá atingir suas metas de eficiência e produtividade ao melhor custo-benefício. A Voith, por seu lado, fortalece sua posição como a parceira preferida para reformas e projetos personalizados de otimização junto ao cliente”, explicou Marcos Garcia de la Torre, diretor geral da Voith Paper Espanha.

Fonte
Voith
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo