NotíciasTissue no Brasil

Softys aposta em investimentos no Brasil focada no conceito ESG

A empresa, que lançou seu Relatório de Sustentabilidade 2020, colocou o país no centro do planejamento de seus projetos, que demandarão US$ 20 milhões

Para seguir líder na América Latina, a Softys está colocando o Brasil no centro de planejamento das suas ações de sustentabilidade, investindo mais de US$ 20 milhões em projetos que estão sendo executados ou em curso. A empresa alcançou o topo do ranking em volume de mercado de tissue latino-americano após a compra da paranaense Sepac, em 2019, por R$ 1,3 bilhão e, desde então, já aplicou mais de US$ 30 milhões no país.

Ontem, a fabricante, que pertence ao grupo chileno CMPC, realizou um evento on-line para lançar seu Relatório de Sustentabilidade 2020, com a presença de Gonzalo Darraidou, gerente geral da companhia.

“Há oportunidade de crescimento tanto via aumento de cobertura quanto pelo lançamento de produtos em novos segmentos”, disse Darraidou ao Valor Econômico. Além disso, os novos hábitos de higiene decorrentes da pandemia do coronavírus permitem um crescimento orgânico, em oportunidades que vão além das linhas de consumo e professional de tissue, abrangendo também o segmento de cuidados pessoais. “Ainda há muito espaço para crescer em personal care”, declarou o executivo.

Durante o evento on-line, foram entrevistados Wim Peeters, vice-presidente de desenvolvimento e negócios da Ecovadis; Josué Velázquez, diretor de logística sustentável do MIT; e Alessandro Carlucci, presidente de negócios para responsabilidade social da BSR.

Carlucci destacou a importância do Relatório de Sustentabilidade como uma iniciativa de transparência e reconhecimento dos impactos que são gerados pela companhia, tornando-se uma peça de gestão. Para ele, sustentabilidade e inovação andam lado a lado. “Muito se fala sobre ESG, e se tornou regra para alavancar seus valores. É um fator de diferenciação”, opinou.

Para Peeters, a sustentabilidade será cada vez mais usada no acesso ao capital ou ao financiamento. “Vemos também os bancos e investidores se voltando para a exigência de padrões de desempenho muito elevados de ESG ou sustentabilidade”, afirmou.

Pelo ponto de vista da logística, Velázquez analisou que a pandemia trouxe novos hábitos de compra. Com as restrições de isolamento social, os consumidores passaram a usar mais o e-commerce e os pedidos por delivery. Com menos carros circulando para lojas e apenas um veículo de transporte usado para realizar entregas locais, o frete também integra a agenda das ações sustentáveis, diminuindo as emissões de CO2 na atmosfera. “Cerca de 50% dos consumidores estão dispostos a aceitar atrasar a entrega ao receber informações do impacto ambiental”, contou Velázquez. Com isso, a responsabilidade social passa a ser um fator relevante para o consumidor final.

Tendo aplicado mais de US$ 50 milhões em projetos ESG, a empresa destacou iniciativas como a instalação de uma nova caldeira de biomassa, uma nova estação de tratamento de efluentes e um projeto de processamento de resíduos, que estará operacional até o primeiro semestre de 2022.

Além disso, a Softys tem um projeto para levar água potável para famílias em situação de vulnerabilidade em Caieiras (SP), onde possui fábrica – a solução a ser usada no Brasil foi uma das vencedoras do concurso Softys Water Challenge. O país ainda abriga uma das seis máquinas de fabricação de máscaras de proteção adquiridas no início da pandemia, a fim de contribuir com a sociedade.

Entre os principais compromissos ESG, estão reduzir o uso de água no processo industrial em 40%, zerar o envio de resíduos de produção para aterros sanitários, reduzir os gases de efeito estufa em 50% e aumentar a quantidade de mulheres na organização em 50% – a representatividade feminina na liderança, em primeiro e segundo escalões, já subiu de 11 para 27 mulheres. “Ao começar com cargos de direção, a mudança caminha naturalmente de cima para baixo na hierarquia”, concluiu Gonzalo Darraidou.

Fonte
Valor Econômico
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo