Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online

Celulose Notícias

Segunda linha de produção da Eldorado Brasil fica pronta em 2018

Durante o projeto serão investidos R$ 8 bi e a empresa vai gerar 20 mil empregos

IMG-20150615-WA0016

Governador Reinaldo Azambuja, do MS, em evento da Eldorado Brasil Celulose. Foto: Chico Ribeiro

A fábrica de celulose, Eldorado Brasil, lançou a pedra fundamental da construção da sua segunda linha de produção que leva o nome Projeto “Vanguarda 2.0”, em solenidade realizada na manhã da última segunda-feira, em sua unidade, localizada na BR-158, saída para Selvíria. O lançamento faz parte do calendário do aniversário de 100 anos de Três Lagoas, comemorados hoje. Durante a execução do projeto serão investidos R$ 8 bilhões e a empresa vai gerar 20 mil postos de trabalho, direta e indiretamente. A nova unidade da indústria vai empregar 400 pessoas após sua conclusão.

A solenidade começou por volta das 12h e contou com a presença de investidores, entre eles José Batista Sobrinho, mais conhecido como Zé Mineiro, fundador do grupo JBS, do presidente do Conselho da Eldorado, Joesley Batista e do presidente da Eldorado, José Carlos Grubisich. A senadora, Simone Tebet, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja e a prefeita de Três Lagoas, Márcia Moura, além de deputados estaduais e prefeitos de cidades da região do Bolsão também participaram do evento.

A pedra fundamental da expansão foi lançada no dia em que o lançamento da obra da Eldorado Brasil completou cinco anos. De acordo com Joesley Batista, que também faz parte do grupo JBS, a inauguração da segunda linha da fábrica será em julho de 2018. “Investimos com muito carinho em Mato Grosso do Sul e não vamos parar”, disse.

Grubisich, presidente da Eldorado, destacou que o projeto “Vanguarda 2.0” reforça a posição de companhia pioneira e inovadora da Eldorado. A empresa terá a maior linha de produção de celulose do mundo, com capacidade nominal para mais de dois milhões de toneladas de celulose por ano. Com as duas linhas em operação, a Eldorado será capaz de fabricar até 4 milhões de toneladas de celulose por ano.

A terraplanagem do local onde será construída a segunda fábrica, ao lado de onde funciona a atual, foi iniciada em maio deste ano. Segundo Grubisich, a Eldorado já iniciou também o processo de tomada de preços junto a fornecedores de equipamento e tecnologia. “O nosso processo já começou e com muita alegria que anunciamos as boas novas no dia em que Três Lagoas completa 100 anos”, disse.

correiodoestado.com.br