LutepelNotíciasTissue no Brasil

Recuperação do mercado institucional deve ser lenta, diz diretor da Lutepel

De acordo com George Henrique, o mercado de tissue tem enfrentado diversos desafios neste início de ano, como a baixa nas vendas do segmento professional

Com mais de 60 anos de mercado, a Lutepel é uma indústria do setor papeleiro com forte atuação nacional e internacional. A empresa, assim como todo o setor de tissue, enfrentou grandes desafios com as restrições impostas pela pandemia do coronavírus que persiste no Brasil até que a vacinação seja concluída e as atividades externas sejam totalmente retomadas.

No início de 2021, com novos lockdowns e o aumento nos custos de diversos insumos, toda a cadeia produtiva foi afetada. “Está sendo um desafio, pois a pequena conversão fica muito vulnerável a essas oscilações de preços de celulose e demais insumos, como plásticos, maculatura, caixa de papelão e outros”, comentou George Henrique, diretor da Lutepel, durante o Talk Tissue Especial – Fabricantes.

De acordo com o executivo, “está havendo uma migração de acondicionamento de caixa de papelão para o plástico ou outras alternativas como o pallet de embarque”. Com menos insumos para a produção, os preços sofreram novas estruturações para que os fabricantes pudessem repassar custos e manter as margens, inviabilizando a produção de caixas. “Chegou um determinado momento em que o fabricante e o vendedor de caixa de papelão não sabiam o preço que iriam imputar ao pedido na fábrica”, observou.

Enquanto a pandemia ainda não está controlada no país, a linha institucional, que sofreu uma forte queda, deve ter uma recuperação lenta. “Com a questão do home office, e também com o fechamento de escolas, universidades e colégios, já que o nosso maior mercado é institucional, o consumo caiu bastante e acredito deva demorar para ser retomado”, concluiu George.

Confira na íntegra o Talk Tissue – Especial Fabricantes:

Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo