fbpx

Banner Animado Adritz no Portal Tissue Online

Notícias Tissue no Brasil

Preço do papel higiênico tem alta no estado de São Paulo em abril

Pesquisa feita pelo Procon-SP e o Dieese aponta que os preços dos produtos de higiene registraram alta de mais de 11%

Segundo pesquisa feita pelo Procon-SP e o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), os preços dos produtos de higiene registraram alta de 11,09% em abril, no estado de São Paulo, sendo este o grupo que apresentou a maior variação no período.

Enquanto em março, o paulistano gastou, em média, R$ 66,45, para comprar produtos de higiene, no mês passado, foi preciso desembolsar R$ 73,82.

A maioria dos produtos sofreu aumento, sendo o maior deles no preço do pacote de papel higiênico de folha simples branco, com quatro rolos (27,74%).

Essa alta se deve, principalmente, ao aumento no custo da celulose para os fabricantes de papel higiênico. A celulose é cotada em dólar, moeda que vem sofrendo grandes aumentos nos últimos meses e impactando diretamente no custo do produto. Outro ponto que vale ser mencionado, com relação à matéria-prima, é a escassez de aparas no mercado, que estão em falta devido ao isolamento social, e a pouca quantidade disponível desse material tem preços cada vez mais altos.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Jovens são o público que mais estoca papel higiênico, diz Nielsen
• Setor de papel e papelão para embalagens segue em crescimento
• O que as pessoas faziam antes do papel higiênico?

A pesquisa pode ser acessada na íntegra no link: https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2020/05/Relatorio-CB-abril20.pdf.