NotíciasTissue no Mundo

Preço do papel higiênico pode subir até 4,5% nos EUA

A justificativa são os atrasos nas entregas de fornecedores, o que reduziu a capacidade de responder ao aumento das vendas

A Costco Wholesale, uma das maiores atacadistas dos Estados Unidos, prevê de um aumento de 3,5% a 4,5% nos produtos das prateleiras, incluindo papel higiênico e papel toalha. Segundo o diretor financeiro da rede, Richard Galanti, a justificativa são os atrasos nas entregas de fornecedores, o que reduziu a capacidade da companhia de responder ao aumento das vendas.

Devido à disseminação da variante delta no país, consumidores voltaram a fazer compras de pânico, com receio de novos lockdowns, causando falta de produtos nas gôndolas.

Apesar de a Costco absorver parte dos custos e pedir aos fornecedores que façam o mesmo, a rede afirmou que ainda será necessário repassar parte do impacto aos consumidores por meio de preços mais altos.

“Agora há muita mercadoria disponível, mas há atrasos de duas ou três semanas na entrega”, disse Galanti, em teleconferência sobre o balanço da Costco. “Há um limite para mudanças de curto prazo nas necessidades de transporte e entrega”, completou.

A decisão de impor limites de compra de papel higiênico para consumidores destaca os gargalos logísticos que afetam as cadeias de suprimentos globais, agravando o desabastecimento de produtos essenciais e aumentando as pressões sobre os preços. Na Costco, os custos de frete crescentes, combinados com salários mais altos e matérias-primas, como papel e celulose, mais caras, levaram a empresa a aumentar suas expectativas de inflação, disse Galanti.

Para mitigar os crescentes custos de frete, a empresa fretou três navios para o próximo ano, a fim de aumentar sua capacidade de transporte entre a Ásia e a América do Norte.

Fonte
Exame Invest
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo