NotíciasTissue no Mundo

Pode faltar papel higiênico no mundo, alerta Walter Schalka

A causa do possível desabastecimento seria a crise global de contêineres, com o aumento de demanda de entregas marítimas e a escassez de navios de carga

O presidente da Suzano, Walter Schalka, disse, em entrevista à agência Bloomberg, que o mundo pode vir a enfrentar um déficit de papel higiênico diante da pandemia de Covid-19.

A causa do possível desabastecimento seria a crise global de contêineres, com o aumento de demanda de entregas marítimas e a escassez de navios de carga conhecidos como break bulk, que vêm atracando com menos frequência nos terminais da empresa, gerando atrasos nos embarques.

Com a pandemia, tem ocorrido em todo o mundo uma verdadeira corrida por papel higiênico, motivada pelas chamadas “compras de pânico”.

Nesse sentido, ele alertou para o problema da exportação da celulose, já que o Brasil é o maior fornecedor mundial da matéria-prima e a Suzano responde por cerca de um terço da oferta global da fibra curta, tipo utilizado para a produção de papel higiênico.

 

Segundo a Bloomberg, a crise de contêineres, desencadeada pela grande demanda da China, já se arrasta há meses. Mas o alerta da Suzano está entre os primeiros grandes sinais de repercussão em outros mercados de transporte marítimo.

A gigante de celulose já recebeu menos entregas em março do que o esperado e teve de adiar algumas para abril. “Todos os players sul-americanos que exportam cargas gerais têm enfrentado este risco”, disse o executivo.

Ele afirmou estar preocupado que os problemas de logística continuem crescendo e a situação piore, pois, caso os produtores não tenham estoque, o fornecimento de papel higiênico pode ser seriamente afetado.

Fonte
BloombergBrasil 247Sputnik
Mostrar mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo