Notícias Personal Care

P&G lucra US$ 3,71 bilhões no 2º trimestre fiscal de 2020

fachada empresa p&g

De setembro a dezembro de 2019, a receita da companhia somou US$ 18,24 bilhões!

prateleira fraldas mulher mercado

A Procter & Gamble (P&G), detentora das fraldas Pampers, obteve um lucro atribuído aos controladores de US$ 3,71 bilhões no segundo trimestre fiscal de 2020, encerrado em dezembro do ano passado. O crescimento foi de 16%

O lucro por ação da fabricante de bens de consumo americana ficou em US$ 1,41, acima do consenso dos analistas, que aguardavam um crescimento menor, de US$ 1,37.

De setembro a dezembro de 2019, a receita da companhia somou US$ 18,24 bilhões, aumento de 5% na comparação com igual período do ano fiscal anterior. Analistas estimavam receita maior para a P&G no período, de US$ 18,37 bilhões. O custo dos produtos vendidos caiu 1%, a US$ 8,86 bilhões.

O fluxo de caixa operacional no segundo trimestre atingiu US$ 4,48 bilhões, crescimento de 15%. No período, foram pagos US$ 1,9 bilhão em dividendos.

“Nossos fortes resultados no primeiro semestre nos permitem aumentar ainda mais nossas perspectivas para o ano fiscal completo em cada uma dessas métricas e elevar nosso compromisso de retorno aos acionistas”, disse David Taylor, presidente da P&G, em comunicado.

Para o ano fiscal de 2020, a companhia, elevou a projeção de alta na receita para o intervalo entre 4% e 5% — anteriormente, a faixa era estava entre 3% e 5%.

banner animado tmc

Também foi revisada para cima a meta de lucro para o período, que passou do intervalo entre 5% e 10% para atuais 8% a 11%, quando comparado com o ano fiscal de 2019.

A P&G espera pagar mais de US$ 7,5 bilhões em dividendos e recomprar de US$ 7 bilhões a US$ 8 bilhões em ações ordinárias neste exercício fiscal.

LEIA TAMBÉM: