Lotus QuímicaNotíciasTissue no Brasil

Lotus Química assume compromissos ESG

A empresa vem atuando com seus clientes para atender às tendências globais em responsabilidade ambiental, social e governança corporativa

Em alta entre as grandes empresas, seus acionistas e investidores, o tema ESG (environment, social and governance) tem crescido de forma bastante significativa e definido uma nova era na gestão empresarial. Segundo um estudo realizado pelo The Boston Consulting Group (BCG), as companhias que têm boas práticas nesses campos apresentam resultados melhores ao longo do tempo.

A Lotus Química, desenvolvedora de soluções químicas para a indústria de papel e celulose, há mais de 20 anos se reinventa, acompanhando as tendências do mercado. A empresa nunca aceitou o papel de coadjuvante no cenário industrial quando o tema é sustentabilidade, responsabilidade social e governança corporativa. Bem por isso, tem inovado e melhorado continuamente suas operações e iniciativas na área de pesquisa e desenvolvimento de produtos, para garantir aos seus clientes total conformidade com as boas práticas ambientais, sociais e de transparência administrativa.

No âmbito ambiental, a Lotus Química já nasceu com o conceito verde. Desenvolvedora de soluções 100% biodegradáveis, a empresa garante que, além de aumentar e potencializar a qualidade do produto final, os resíduos de seus produtos líquidos respeitem o meio ambiente.

Ainda na frente de ESG, a companhia trabalha com logística reversa. Com frota própria, tem total controle dos IBCs utilizados para o transporte dos produtos comercializados, a fim de evitar a contaminação cruzada, fazendo inclusive a higienização dos recipientes com uma equipe própria e tecnicamente treinada para controlar por completo a questão dos resíduos provenientes dessa operação.

No âmbito social, a empresa comprova a preferência pelos negócios locais, o suporte em ações sociais antes e durante a pandemia, além de apoiar escolas e comunidades da região onde está instalada.

Da porta para dentro, Túlio Lima, diretor da empresa, conta como é a política de retenção e desenvolvimento de talentos. “Na Lotus, a maioria dos funcionários possui muitos anos de casa. Eles encontram na empresa muito além de uma fonte de remuneração e sustento, mas principalmente um ambiente de desenvolvimento e crescimento intelectual mútuo. Desenvolver novas habilidades, disseminar o senso de empreendedor e promover a autonomia do nosso time é a nossa maior responsabilidade em gestão de pessoas”.

Em termos de governança corporativa, a organização também não deixa a desejar. Apoiada por uma experiente consultoria empresarial, a Lotus Química garante que seus controles e auditorias em contratos de fornecedores, parceiros diretos e indiretos estejam em plena conformidade. A fornecedora iniciou, também neste primeiro semestre, o projeto de implantação das normas ISO 9001 e 14001 e, para isso, conta com programas de apoio e incentivo do Sebrae-SC.

“Como fornecedores de uma grande quantidade de empresas produtoras de papel no Brasil que estão engajadas no tema ESG, não poderíamos fazer diferente. Dormimos e acordamos pensando em como sermos mais estratégicos e parceiros indispensáveis para nossos clientes. Há mais 20 anos, essa inquietação tem dado muito certo”, conclui Juliana Paes, diretora de Marketing e Comunicação da empresa.

 

 

 

 

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo