fbpx


Banner Animado Valfilm Portal Tissue Online
Banner Incape Portal Tissue Online


Celulose Notícias

Leilão de terminais de celulose acontece amanhã

destacada-celulose-exportacao

Os novos contratos de arrendamento deverão gerar, juntos, cerca de R$ 400 milhões de investimentos

Está agendado, para esta sexta-feira, 28, às 10h, o leilão das áreas STS 14 e STS 14A, do Porto de Santos, na Bolsa de Valores de São Paulo, na capital. A sessão será promovida pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), que informou, nesta semana, que cada lote recebeu mais do que uma oferta. É possível acompanhar o leilão pelo site de eventos da B3, o TVB3.

Os novos contratos de arrendamento de ambas as áreas, destinados à movimentação e armazenagem de celulose, terão como critério de seleção o maior valor de outorga apresentados no leilão, que será pago à autoridade portuária, a Santos Port Authority. O montante mínimo definido pelo edital é simbólico, de R$ 1.

porto santos celulose

O prazo para exploração dos locais, situados à região do Macuco, na margem direita do Porto de Santos, é previsto em 25 anos. As áreas abrigavam o terminal de contêineres do grupo Libra, que encerrou sua operação em Santos. Os novos contratos de arrendamento deverão gerar, juntos, cerca de R$ 400 milhões de investimentos.

Estão previstas a demolição das estruturas que atualmente ocupam a área, pavimentação rígida para tráfego pesado, instalação de ramais ferroviários e outras aquisições de equipamentos para as futuras atividades dos terminais. Para o terminal STS 14, devem ser investidos por volta de R$ 186,9 milhões e cerca de R$ 145,9 milhões no STS 14A.

Após a implementação das estruturas necessárias, o STS 14, com área de 44.450 m², terá capacidade estática de armazenar 97 mil toneladas de celulose e potencial para movimentar cerca de 2 milhões de toneladas anuais. Por sua vez, o STS 14ª, com área de 34.975 m², deverá armazenar por volta de 125 mil toneladas e poderá movimentar até 2,6 milhões de toneladas em um ano.

De acordo com o governo federal, a implantação dos dois terminais deve gerar mais de 3 mil empregos, diretos e indiretos, no decorrer dos 25 anos de validade dos contratos.

EMPRESAS INTERESSADAS

De acordo com analistas, os locais serão disputados por produtores do setor, como a Eldorado Brasil e a Bracell, do grupo asiático RGE. Outra potencial interessada nas áreas é a Suzano, que já possui operação significativa no porto. No entanto, sua participação será barrada por uma regra do edital, que objetiva evitar a concentração do mercado de celulose em Santos.

Por lei, cada grupo econômico poderá controlar, no máximo, 40% da capacidade de movimentação e armazenagem de celulose no complexo portuário. Atualmente, a fabricante já possui uma operação junto ao terminal privado da DP World, com previsão de movimentar 3,3 milhões de toneladas de celulose. Além disso, conta com outro armazém, com capacidade para 1,8 milhão de toneladas de celulose. Caso a Suzano conquistasse mais um terminal, sua participação poderia chegar aos 70%.

Isso também pode ser interessante 👇🏻
• Conheça a produção de pastas de alto rendimento na BO PAPER
• Start-up na Polônia de Máquina Tissue HERGEN
• Lubmaster renova a identidade visual de seus tambores